Arquétipos de marca – Formas, cores, conteúdo, humor e linguagem

A Mari está desenvolvendo sua própria metodologia sobre Arquétipos de Marca, assunto que eu não tinha ainda registrado aqui no meu blog e que é fascinante em todos os sentidos. Desde a origem seminal em estudos e modelos propostos por Carl Jung, ao seu instanciamento no livro sobre Marcas de Mark e Pearson.

É indiscutível o poder hipnótico de uma marca forte, independente do recado que a mesma queira passar, cada detalhe, traço, cor e ilação possui um papel (proposital ou casual) decisivo no impacto que causa em seus clientes, prospect, mercado de forma geral e até mesmo em seus concorrentes.

Cada indivíduo possui uma personalidade, cada um de nós passa uma mensagem através de nossa atitude, disposição e comportamento. Desde as roupas que usamos, a forma como nos expressamos e o conteúdo que usamos, nossa história, crenças, valores, tudo mistura-se e formam nossa identidade.

O mesmo com pessoas jurídicas, pois assim como pessoas físicas, elas criam (ou revestem-se) entorno de si uma imagem formada pelo conjunto de símbolos (incluso sua Marca), ações, narrativas e, com certeza, pelo conjunto de pessoas que a formam, sob suas bandeiras, propósitos, valores e cultura.

https://rockcontent.com/br/blog/arquetipo-de-marca/

Seguindo os conceitos originais propostos por Jung, Margaret Mark e Carol Pearson desenvolvem o uso dos arquétipos para pessoas jurídicas, empresas e suas marcas. Como criar um inconsciente coletivo de uma marca, desde a sua criação, qual a imagem que ela quer passar, cores, fontes, traços, imaginação implícita.

Carol S. Pearson e Margaret Mark escreveram o livro “O Herói e o Fora da Lei”, desenvolvendo a aplicação dos arquétipos na área de branding, de forma a criar e revestir marcas entrono de seus propósitos, gerando maior e maior conexão e empatia com o mercado, em especial com seus clientes.

Algumas Marcas geram entorno de si uma mística, decorrente de um mix que inicia na própria marca, passando pela sua estratégia, produtos, serviços, atendimento, estabelecendo uma comunicação assertiva a cada interação. Influenciando, de modo assertivo um inconsciente coletivo a respeito de si mesmo.

https://agenciaune.com/blog/2020/09/09/los-arquetipos-de-marca/

Neste contexto, a forma, letras, imagens e cores são meios e contribuem para uma imagem dirigida. As cores por exemplo, possuem temperamento e provocam emoções, o uso correto pode contribuir decisivamente na construção de uma marca que transmita aquele sentimento que planejaram passar.

É consenso que as cores tem a capacidade de modificar o nosso humor, tendências, hábitos, por isso é fundamental que o logo, as instalações físicas e virtuais se utilizem daquelas cores que contribuam em nossas intenções. As cores conseguem causar diferentes efeitos, desde biológico, emocional, cultural ao psicológico.

O conhecimento da teoria das cores, apontando suas características, efeitos e propriedades é a muito utilizado pelo marketing, o logotipo, a papelaria, lojas, salas, sites, imagens, cada peça ou campanha parte de seus objetivos para construir algo que provoque no público-alvo certas emoções e reações.

https://loft44.com.br/influencia-das-cores-no-marketing/

Entretanto, a arte não é saber estes conceitos, é transformá-los em abordagens que extraiam do mercado e em especial da “marca”, as informações úteis para o embasamento e balizamento da construção, iniciando pela própria marca, sua imagem, linguagem, conteúdo e tudo o mais que a transforma em algo vivo e interativo.

A Mari construiu uma sequência de pesquisas, exploratória e semi-estruturada, que permite ao designer de marcas estabelecer os parâmetros necessários para a modelagem experimental, em diferentes versões, que vão sendo refinadas, selecionadas, aperfeiçoadas até atingirem seu real e singular potencial.

Conheço profissionais que trabalham branding ou brand management, organizacionais e pessoais, desenvolvendo marcas, desde seus nomes, imagens, ideias, slogans, símbolos, humor e toda a sua narrativa multi-sensorial … que despertará para com ela, empatia, desejo, engajamento e identidade.

Um passo-a-passo didático e, apesar de aparentemente óbvio, muito sensacional –
https://www.tailorbrands.com/pt-br/logo-maker/como-criar-um-logotipo

Outro passo-a-passo, este da rockcontent, com muitos links e aprendizados –
https://rockcontent.com/br/blog/como-criar-um-logotipo/

Aqui tem 50 guidelines de uso de marcas conhecidas, dá para aprender muito neles –
https://designcomcafe.com.br/manuais-de-identidade-visual-para-se-inspirar/

Um estudo sobre tipos e tendências em logotipos de empresas famosas –
https://temporalcerebral.com.br/tendecias-de-logotipo-logo-trends-2019

Não posso deixar de oferecer uma referência na HBR,sobre este tema –
https://hbr.org/2019/09/a-study-of-597-logos-shows-which-kind-is-most-effective

18 ferramentas gráficas para editar logos, da Adobe aos freemiums –
https://www.escoladeecommerce.com/artigos/5-ferramentas-para-criar-um-logo-profissional-online/

Sensacional, 65 marcas e modelos explicados, com dicas e guidelines –
https://pt.venngage.com/blog/manual-de-marca-modelos/

Neil Patel explica os 7 tipos de logotipos e suas características –
https://neilpatel.com/br/blog/tipos-de-logo/

Centenas de logotipos em forma, dimensões, proporções – https://www.google.com/amp/s/br.pinterest.com/amp/sergio_augusto2/logotipia/

Centenas de ideias, fontes, cores, características – https://www.google.com/amp/s/br.pinterest.com/amp/gustavofer74/logotipia/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s