Reinventing Organizations – Frederic Laloux

Segundo Frederic Laloux, seu livro ajudou a disseminar e inspirar organizações em todo o mundo a se transformarem além da agilidade, digital e soft skills, seguindo práticas de gestão que oferecem maior autonomia, liberdade, criatividade e auto-organização em prol de relações mais sustentáveis e humanas, por uma sociedade melhor. 

O livro pode ser melhor compreendido em três prismas: inicia por uma visão evolucionária, com ápice na reflexão que chegou a hora de um novo modelo organizacional. Continua através de cases e apresentações de como as empresas vem se reinventando. Concluindo ao analisar as condições que julga serem fatores críticos de sucesso.

Site do livro e autor – https://www.reinventingorganizations.com/
Linkedin do Frederic – https://www.linkedin.com/in/frederic-laloux-108174/
Canal no Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCUiCCzSId58oP0p62Z2m3zQ
Resenha – https://pocketbook4you.com/pt/read/reinventing-organizations

Laloux, Frederic. Reinventing Organisations: A Guide to Creating Organisations Inspired by the Next Stage of Human Consciousness. Nelson Parker. 9 de fevereiro de 2014;

Ele vai além de redes, equipes e pessoas, ele foca em sustentabilidade social e mundial. Original, ele dividiu as fases evolutivas de uma organização em cores – Reativo-Infravermelho; Mágico-Magenta; Impulsivo-Vermelho; Conformista-Âmbar; Realizador-Laranja; Pluralista-Verde; Evolucionário-Verde-Azulado (Teal):

A nova moda é verde-azulada? | CoCriar

Infra-vermelho – Reativo: Ancestral, inexistem organizações em nível tão básico de sobrevivência animal hoje;
Vermelho – Impulsivo: Representaria a predominância de uns sobre outros, poder, hierarquia, pela força;
Ambar – Conformista: Surgem regras e normas de convivência em equilíbrio, hierarquia com princípios e valores;
Laranja – Realizador: As organizações empreendem, inovam, reconhecem e recompensam, também compartilhando;
Verde – Pluralista: Modelos onde relações humanas ganham espaço e valor, menos hierarquia e mais colaboração;
Verde-azulado – Evolucionário: Sustentabilidade é a palavra-chave de uma nova consciência, princípios e valores.

CASOS CITADOS NO LIVRO

Ele cita diferentes organizações que priorizam a sustentabilidade em sua percepção mais abrangente, humana, social, econômica e … ecológica. Empresas que para leigos parecem privilegiar tanto as pessoas, clientes, colaboradores, parceiros, que julgam não serem sustentáveis no médio prazo, mas lá estão crescendo e fazendo história.

Buurtzorg, por exemplo, é uma organização de saúde pioneira fundada em 2006 com um modelo de cuidado humanizado liderado por enfermeiras que revolucionou o cuidado comunitário na Holanda. Focada em atendimento de saúde domiciliar na Holanda desde 2006, chegou a 8000 enfermeiros em diversos países, auto-organizados em times autônomos de 10 pessoas e uma equipe corporativa de apenas 50 pessoas.

Zappos, conhecida de todos nós pela sua trajetória halocrática, reduziu drasticamente os níveis hierarquicos para praticar um modelo auto-organizado de gestão com máxima autonomia, senso de pertença e responsabilidade. Tenho um post que propõe uma reflexão sobre o modelo proposto por Robertson e adotado pela Zappos – https://jorgeaudy.com/2019/03/15/entre-kotter-e-robertson-dual-ou-holacracy/

Heiligenfeld, Fritz Lang e Dr. Joachim Galuska queria criar um atendimento em medicina psicossomática que visse realmente as pessoas e suas necessidades de forma empática. A empresa familiar desenvolveu-se rapidamente em uma empresa de saúde inovadora que combina valores e lucratividade de forma consistente até os dias de hoje.

Favi no segmento de peças automobilísticas na França, é uma  empresa familiar de 400 funcionários, especializada no desenvolvimento e produção de peças técnicas fundidas sob pressão, usinadas ou montadas em alumínio e latão. Com uma organização focada no cliente e na comunicação e intercâmbio constante com nossos parceiros internacionais.

Sun Hydraulics equipamento hidráulicos, comprometida em ser líder em seu campo. Para isso, proporcionam um ambiente de trabalho seguro e agradável aos nossos colaboradores, o que lhes permite ser mais produtivos e alcançar a satisfação com a vida. Nossa marca e nossa reputação são produtos de nossos compromissos com clientes e funcionários.

Patagonia, roupas e equipamentos exportivos, fomenta uma rede de voluntários para questões sustentáveis, conectando indivíduos com donatários da Patagônia para agir sobre as questões mais urgentes que o mundo enfrenta. Patagonia Action Works ajuda a descobrir eventos, petições e oportunidades de voluntariado qualificado no seu entorno. 

Morning Star, maior processadora de derivados de tomate dos EUA. Esta estruturado através de um sistema que denominam Mission Focused Self-Management. Nossa empresa é operada por colegas sem títulos ou hierarquia de autoridade designada. Missões comerciais pessoais conduzem as atividades e coordenação de nossos colegas com foco no cliente interno e externo. “Nossos relacionamentos são baseados no respeito humano!” – Chris Rufer

Não pude deixar de compartilhar mais este vídeo dele:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s