1

Perigo, crianças na Web

Pornografia, satanismo, alcoolismo, drogas, pedofilia, estes são alguns perigos expostos à crianças e jovens na Internet, grande parte da responsabilidade de garantir a segurança é da família, que deve ensinar aos pequenos como tirar proveito da web mas sabendo quais são os riscos neste meio e como evitá-los.

O acesso a internet cada vez mais cedo coloca crianças curiosas e sem maldade, ainda com pouca blindagem social, a merce de milhões de sites nocivos, com os desocupados e pervertidos que existem mundo afora, mas que agora estão todos a um clique do computador ou smartphone, acessíveis a crianças pequenas.

Um ponto de atenção, de nada adianta ter boas práticas em casa e a criança passar boa parte da semana ou final de semana com os avós ou nos tios com os primos e lá não haver proteção alguma, a família tem que se unir e exigir que a escolinha ou escola possua bons softwares e políticas.

http://new.netica.org.br/criancas/estante-de-quadrinhos:
topo_hiperconectividade

Negocie com seus filhos um acordo para o uso da Internet, inclua orientação sobre os acesso e o que podem fazer neles, quanto tempo estarão conectados, o que fazer se algo os incomode e como se comportar de forma ética e responsável, mais que isto, reserve um tempo para fazer junto deles, dê o exemplo:

1. Tenha um antivírus atualizado – Nenhum computador está isento de ser atacado por vírus, trojans, etc, antivírus é vital. Compre ou baixe um gratuíto como Avira, AVG e Avast, tem também o Microsoft Security Essencials.

2. PC em lugar comum e à vista – Evite colocar o computadores no quarto das crianças, utilize uma localização central, sala de estudo ou quarto comum. No isolamento a curiosidade e tentação em clicar se potencializa   😦

3. Controle o que crianças fazem na Internet – Abra http://fss.live.com, do site Family Safety do Windows Live. Clique no botão Iniciar e siga as instruções. Se você não tiver um Windows Live Id, crie um clicando neste link.

4. Bloqueie conteúdos nocivos – Filtre o que entra no PC por meio de 60 categorias – www.k9webprotection.com – à direita, clique no botão “Free Download”, crie uma conta e baixe o programa.

5. Ensine-lhes a cultura de Internet – É necessário que as crianças saibam como proteger sua informação pessoal, família e amigos. Ensine-lhes hábitos como usar senhas seguras, não compartilhar senhas ou dados pessoais.

6. Evite que preencham formulários na Internet – Delinqüentes podem criar formulários para que crianças incautas ingressarem seus dados. Quando seus filhos queiram fazer, diga-lhes que é melhor que sempre lhe chamem.

7. Limite o tempo de navegação – É possível estabelecer os horários de uso do PC. No Painel de Controle, “Contas de usuário” e “Configurar Controle dos Pais”. Escolha a conta para qual deseja estabelecer limites de tempo. Em “Controle dos Pais”, ative e depois “Limites de tempo” com os horários.

A seguir algumas das ameaças de vírus e ataques mais comuns, o antivírus ajuda muito, mas evite clicar em links desconhecidos, cuidado com emails e formulários suspeitos, nenhuma escola, banco, governo envia emails com links para confirmar sua senha ou seus dados. O prejuizo pode ser mais que material:

1. Phishing: é o golpe que usa e-mails ou sites fraudulentos como isca para roubar dados pessoais. A vítima clica no endereço falso e um código malicioso é instalado na máquina. Ao digitar a senha e login, julgado que se trata de um site verdadeiro acaba fornecendo sem perceber essas informações aos criminosos.

2. Spyware: do inglês, “spy” significa espionar. São programas que se instalam num computador sem que o usuário perceba, às vezes junto a um outro software que estava sendo baixado. Eles recolhem informações sobre o usuário, como hábitos de navegação, e as transmitem remotamente para outro computador.

3. Malware: do inglês, “malicious software”, ou programa malicioso. Vem disfarçado em anexos de e-mails e mensagens instantâneas e podem conter vírus, cavalos de troia e “vermes” que danificam o sistema do computador. Eles podem até enviar a si mesmos – e automaticamente – para sua lista de contatos.

4. Spam: é todo tipo de mensagem que você não deseja receber –  e na maioria dos casos, nem ao menos se cadastrou e autorizou o seu envio. Algumas mensagens contém linguagem ofensiva e sugerem links para sites de terceiros.

http://www.internetresponsavel.com.br/pais
http://www.internetresponsavel.com.br/criancas
http://www.internetresponsavel.com.br/professores
safenet

6

1ª Ação da AmigosAnjos na Ilha do Pavão

Voce quer ajudar, tem algo para doar, podemos fazer chegar a quem precisa, a próxima campanha será a favor das ilhas de POA, na Campanha do Agasalho!

Um resumo da ação de Páscoa feita mes passado pela AmigosAnjos e que contou com uma grande doação da TI Corporativa da RBS que entregou várias dezenas de biscoitos, ovinhos, balas, pirulito, centenas de coloridos e saborosos ítens, que colaboraram com os 220 kits montados e entregues na Ilha do Pavão.
pascoa-pavao-cc3b3pia

* 100 pacotes de BISCOITOS RECHEADOS
* 220 caixinhas de ACHOCOLATADOS
* 40 pacotes de BALAS
* 20 pacotes de PIRULITOS
* 80 caixas de BIS
* 4 caixas grandes de TORRONES
* 100 MERENDINHAS
* 200 BOMBOMS
* 10 caixas e sacos de OVINHOS DE CHOCOLATE
* 4 caixas grandes de pacotinhos de BOLACHINHAS de leite e salgadas

A comunidade da ilha do pavão fica logo após a ponte do Guaíba, a alguns metros do posto da Polícia Rodoviária logo na saída de Porto Alegre, um conjunto de ruelas de areia, com dezenas de terrenos dividindo casebres e amontoados de refugos urbanos, metais retorcidos, recicláveis ou não, repletos de crianças que a cidade esqueceu.
zoom-ilha-pavao

As dezenas de pontos e áreas com imagens indefinidas ou coloridas são pilhas e pilhas de coleta seletiva a céu aberto, assim como a comunidade vizinha da Ilha Grande dos Marinheiros, que a AmigosAnjos ajuda a vários anos, 95% são brancos, olhos claros, todos abaixo da linha de pobreza, jovens entre 15 e 20 anos grávidas e com dois ou tres filhos ao redor.
casas-e-depositos

Se já é ruim agora, as carroças estão proíbidas a partir do final deste ano, sem apoio, instrução, condições ou oportunidades, essa população estará sendo empurrada ainda mais à marginalidade.

Enquanto isto, no FaceBook, a classe média e alta brasileira fica curtindo e compartilhando toda e qualquer foto ou historia da carochinha de crianças coitadinhas, asiáticas abusadas, africanos sem água … quanto mais longe melhor, somos todos grandes juizes e filantropos a 30 Mil Km de distância.

Vamos acordar gente, o futuro de nosso filhos não será o cult apocalipse Zoombie, será milhões de desvalidos, marginalizados, que se não forem incluídos antes disso, irão se rebelar contra algo que todos nós contribuimos, pela falta de compaixão, pois todos lavamos as mãos e transferimos a culpa para o governo, que sabemos nada faz a não ser gastar em publicidade e reeleger-se.

pascoa-pavao1

2

Ação de Natal AmigosAnjos 2012

Não sabemos se o que fazemos a favor das centenas de crianças que residem em barracos (ou menos que isso) na ilha Grande dos Marinheiros gerará frutos além de sorrisos, barriguinhas cheias ou corpos aquecidos no inverno, por traz disto há uma intenção de mostrar que uma vidinha melhor é possível se eles tentarem, nem tudo é violência, degradação e submissão.

amigos-anjos-dez-2012

Para 2013 queremos tentar aulas de inclusão digital ou cursos de artesanato, orientações para novas formas de renda, ajudando a AmigosAnjos na Ilha, mas também iniciativas próprias da comunidade TecnoTalks com o Campo da Tuca, Cachorro Sentado ou Morro da Cruz, no entorno do TecnoPUC. Talvez seja um sonho, mas tenho certeza de que todos aprenderemos e ganharemos com isso.

Como dizem os “parceiros voluntários”, se voce quiser ajudar e não sabe como, fala com a gente … uma roupa infantil usada, um kilo de alimento não perecível, um pacote de bolacha recheada, um brinquedo usado ou comprado por R$5, qualquer uma destas doações tem muito valor nas ações, se juntarmos a mais 200 e entregarmos a crianças que não tem nada e precisam de esperança.

Não consigo entender como alguém vem a este mundo apenas com a missão de crescer, ganhar dinheiro, proporcionar tudo o possível aos seus, deixar herdeiros, morrer, sem se preocupar em tentar deixar um pingo de esperança por um mundo melhor para seus filhos e netos. Cada vez temos mais crianças pobres e sem esperança, gerando adultos frustrados e rancorosos … Isso não vai dar certo, é uma bomba-relógio, talvez sem solução, mas temos que tentar!

224093_518881868136459_1026872882_n

Fotos oficiais da galera – amigosanjos.multiply.com/…/Natal-2012

Post relacionado
03/12/2012 – Tecnotalks 5 a favor da ONG AmigosAnjos
22/10/2012 – Cachorro-quente de Dia das Crianças

1

Be Agile, like a Scout-Badger

Um Sprint ou Projeto ágil é o mesmo que uma jornada escoteira, quando em grupos colocamos nossas mochilas nas costas e iniciamos uma caminhada ou trilha de 10 a 25 Kilometros. Todos os princípios ágeis são ali praticados a mais de 105 anos, jovens caminhando com suas próprias pernas, em sinergia, mas sempre contando com um chefe escoteiro se houver algum impedimento.

Em uma jornada escoteira, não adianta querer tirar as coordenadas, azimutes, orientação pelas estrelas e aferir mapa e objetivos somente na largada e pôr-se a correr contra o tempo, pois SE NÃO HOUVER AFERIÇÃO FREQUENTE, A CADA 20 OU 30 PASSOS, GARANTIDO QUE FALHAREMOS!

Se começarmos a 12° Sul-Sudeste, se começarmos a caminhar em meio a mata sem aferir a direção permanentemente, provavel que a cada passo estejamos cada vez mais longe do nosso objetivo, pois ocorrem pequenas mudanças a cada obstáculo ou aclive/declive, que nos faz sair da rota exata …

Pior, se não houver permanentes revisões da rota e registro do que estamos a fazer, não só não atingiremos o objetivo, como pior, não saberemos voltar, pois o mapa e plano inicial foi corrompido pelas dezenas ou centenas de pequenas mudanças ocorridas a cada pedra que contornamos ou aclive mais acentuado.

Preparação = Aprender fazendo

O aprendizado ocorre com trabalho duro, mas prazeroso, sempre perseguindo um novo patamar de conhecimentos, mas intercalando-se com a realização de jogos, brincadeiras, visitas a outros grupos escoteiros e frequente participação em eventos locais, regionais e nacionais. Cada qual por seu livre arbítrio, não tem início e nem fim, este é o nosso dia-a-dia, sempre buscando superação.

No mundo ágil, sugerimos que todos sejamos inquietos, que busquemos sempre novas capacitações, através de palestras, cursos, eventos, games e workshops, seguindo a máxima de Aristóteles, “Nós somos o que repetidamente fazemos. Excelência, assim, não é um ato, mas um hábito”. Não somos robôs, devemos ter aspirações, devemos querer melhorar, inovar, fazer diferente, sermos mais.

Percursos de gilwell

É uma jornada em que os jovens devem planejar um trajeto e mapear a sua caminhada de tal forma, que ao final possam e montem um mapa do local e do percurso, com o maior número de referências como aclives, declives, córregos, cercas, uma árvore em especial, uma vista do vale, etc.

Sprint Zero” – Semanas antes da jornada, cumprimos um checklist e uma série de ações, fechar contato com pessoas do local que nos darão apoio se necessário, identificar referências legais, como hospital e delegacia mais próximas, visitar o local para um reconhecimento e análise de riscos, equipamentos extras, etc.

Planning” – São feitas reuniões para apresentação aos jovens de todo o conjunto de informações levantadas, topologia e condições do terreno, previsão de tempo, etc, para que eles debatam o material que devem levar, individual e comum, montem o menu para aquisição dos ítens e definam responsabilidades.

Dailys” – Uma vez no ponto de partida, usa-se o mapa e bussola para determinar qual o caminho a ser seguido e a cada 20 ou 30 passos, registra-se a coordenada, através de novo posicionamento com a bússola pelo azimute e registro. Desta forma, afere-se permanentemente o caminho percorrido e o objetivo desejado.

Retrospectiva” – Não só nessa, mas em toda atividade escoteira, após conclusão do percurso, há um balanço do que foi realizado, lições aprendidas, riscos e oportunidades, confirmações e contingências. Além disto, a cada mês ou bimestre ocorre uma reunião especial, chamada de “côrte de honra”, onde os jovens debatem e avaliam o sistema, sua patrulha e seus encargos.

Outros Posts relacionados a Agilidade e Escotismo:
Escotismo é para a vida !
Retrospectivas ao Ar Livre
O que buscamos em um Curriculo Vitae
Um ponto de inflexão entre Escotismo e Métodos Ágeis

0

Escotismo é para a vida !

Já relatei muitas oportunidades a partir do privilégio de ter vivenciado o movimento escoteiro, em seu modelo construtivista, praticado a mais de 100 anos por aqueles que acreditam no nosso ideal, de pessoas melhores para a construção de um mundo melhor.

Chega a ser divertido as vezes que percebo adultos surpresos com soluções que crianças e jovens entre 07 e 20 anos recebem como formatos recorrentes de aprendizado, baseado em jogos, no lúdico, no aprender fazendo, nas frequentes auto-avaliações e planos traçados em uma roca de conselho, corte de honra ou no dia-a-dia de um clã Pioneiro.

Planejamento ? A cada Sábado, o que, como, quando, segurança, equipamento, provisões, distribuição de responsabilidades e encargos, liderança e liderados, a luz do que aprendem e melhoram a cada repetição.

Retrospectiva ? Jogos e dinâmicas para refletir o que esperamos de nós mesmos e dos outros no trabalho em equipe, discutir periódicamente o que fazer para melhorar.

Desenvolvimento Coletivo ? Ecossistema ? Ajudar ao próximo ? Servir a sí, a sua pátria, a seu Deus (não importa a religião), a família, a seu grupo, ao próximo, não em grandes feitos, mas um pouquinho a cada dia.

Feedback ? Metas claras, objetivos pessoais e coletivos, avaliação permanente sob o prisma de 6 áreas cognitivas – físico, intelectual, espiritual, caráter, afetivo e social.

Inclusão ? A inserção de jovens com alguma necessidade especial ou deficiência, junto a todos os demais em meio a jogos e competições, em que para ganhar cada um não deve pensar em sí, mas em TODA a equipe.

Em reunião recente com a área de RH e outros coordenadores, sugeri um evento de avaliação em bases, ao melhor estilo escoteiro … receberemos jovens profissionais e estudantes promissores, que passarão por duas palestras e um Coding Dojo, dinâmicas em que pessoas estarão monitorando e avaliando de forma a no final termos um perfil dos participantes sob o prisma de trabalho em equipe, relacionamento inter-pessoal, conhecimento, interesse, aprendizado, fosse apenas mais uma atividade escoteira, ao final teríamos as medalhas e distinções por equipe e individual … todos sairão ganhando com a experiência.

Outra curiosidade é a disseminação de cursos de DL (desenvolvimento de lideranças), em que o participante passa um final de semana tentando encontrar seu eu interior através de dinâmicas e exercícios que exigem o uso de todos os seus sentidos. Jovens experimentam e ultrapassam seus limites em jornadas, acampamentos, contando consigo e com seus amigos, sob o Sol e sob a Lua, na água ou ao redor do fogo.

Hoje em dia, migrando da falida sociedade industrial para a sociedade do conhecimento, em que TODAS as pessoa passa a ter algum valor, as pessoas (adultas) se vêem forçadas a tentar aprender o que é realmente trabalhar em equipe, em que todos vencem ou todos perdem, sem competição e sabotagens internas para poder se dar bem … essa mudança vai demorar décadas … pois do discursso a prática há kilometros e mal e mal andamos alguns centímetros.