Por onde começar ?

O segredo do método ágil esta na “Atitude das Pessoas”

Quando eu e a Cintia Lima retornamos do curso de Scrum e da imerção de tres dias no Agile Brasil 2011, uma certeza ecoava em nossas cabeças, não adiantaria nada se iniciassemos investindo no redesenho de processos e em treinamento formais de Scrum e técnicas ágeis.

Estávamos falando de uma área de produtos digitais com mais de 70 pessoas distribuídas em 8 equipes, cada qual atendendo um de nossos negócios, qualquer pretenção de implantar método e técnicas ágeis de desenvolvimento teria que iniciar mudando a cabeça das pessoas.

Primeiro as pessoas tem que entender que o método pelo método não resolve nada, que antes de saber o que é e como faz-se um Planning ou uma Daily, precisamos entender que o método ágil exigirá de todos nós uma nova postura, devemos refletir quem somos e o que queremos como pessoas e profissionais:

1º. Empatia – Precisamos gostar do que fazemos e como fazemos, ter orgulho de fazer parte de tudo isto, participar e compartilhar. Se fizermos por obrigação ou contrariados, para depois ficar resmungar no corredor, inconscientemente minamos o ambiente e comprometemos os resultados de todos;

2º. Sinergia – Trabalhar em equipe é um enorme desafio, nos obriga a pensar e sintonizar com cada elo do nosso ecosistema, no compromisso de tentar melhorá-lo através de sugestões e ações. Provavelmente aquele gênio, genioso, temperamental e individualista não tenha lugar neste modelo.

3º. Motivação – Comprometimento e participação, buscar e entender os porques, posicionar-se sempre e ter atitude transparente, não omitir-se, discutir como as partes se encaixam para formam o todo e atingir a meta, pois isto gera crença na estratégia e nos objetivos, segredo do sucesso;

4º. Conhecimento – Cada pessoa, competência e papel são importantes, devemos ser humildes, mas cientes de nosso valor para somar ao grupo e colaborar com o resultado. Ilhas de conhecimento tendem a gerar futuras crises e gargalos, logo, temos que compartilhar, pois todos temos o que aprender e ensinar;

5º. Filosofia – É preciso ter, entender e acreditar no método, no nosso caso, não basta termos os papéis, time-boxes e artefatos do Scrum, é preciso discutir e estudar até entender, pois qualquer reunião, responsabilidade ou métrica realizada apenas por obrigação tende a gerar resultados fictícios e voláteis.

FATO: Trabalhando de forma iterativa-incremental, nos permitimos realizar melhorias constantes, pois a complexidade de trabalhar em times, com pessoas de diferentes vivencias e perfis, em projetos sempre únicos, exige mais que tudo, adaptabilidade.

Praxis (estratégia aplicada)

Após o retorno do Agile Brasil desencadeou-se um processo de ruptura com o modelo vigente de equipes, projetos e gestão, seguindo um cronograma racional, propositalmente construtivista, iterativo e incremental :

Junho – Novo layout, agrupando os times por produto e não função, antes tinhamos times de analistas de negócios, de arte, de SEO e de TI, passamos a ter Times de produtos, de forma que todos os papéis e funções relacionados a cada produto passaram a sentar-se lado-a-lado, com maior agilidade e sinergia;

Julho – Ainda no primeiro mês, fizemos um overview do manifesto ágil, suas premissas e artigos, pelo prisma da personalidade e atitude individual, foram 100 pessoas, em turmas de 20, com duração de três a quatro Horas. Foi o evento mais marcante, o recado foi enfático, uma mudança estratégica necessária e irreversível – Confiávamos em todos, mas alguns poderiam não se adaptar!

Agosto – Breve Overview do método Scrum, mas foco no treinamento em Gestão Visual, onde a partir do dia seguinte já tinhamos quadros de tarefas e postits pelas paredes, reuniões diárias acontecendo, pactos e retrospectivas dos times. Baby-Steps né, a cada ciclo, valor e feedback.

Setembro – Revisão dos princípios apresentados em Agosto e detalhamento do método Scrum, com exercícios sobre os papéis e time-boxes, apresentação de artefatos e regras. Veja bem, demorou tres meses para entrarmos no que é um product backlog ou uma review, pois isto só é útil se houver entendimento do que é o papel e responsabilidades de cada um e de todos.

Algumas frases destacadas durante os workshops internos :

. Colaborar vale mais que apenas resolver (Scrum Guide)
. Valorizar a diversidade, a unanimidade bitola os resultados.
. Pense na felicidade de todo o Ecosistema (Joshua Kerieviski).
. Errar pode ser bom se aprendemos algo e não cometermos o mesmo erro.
. Atitude com bom senso, ética e boa educação, remove montanhas.
. Mantenha um bom Networking, compartilhe, todos ganham.

Dois termos que adotei e repito frequentemente, mágicos :

. Kaizen – Mudanças para melhor, melhoria contínua, gradual, ~ “baby steps”.
. Gemba – Discuta as coisas no local adequado, onde as coisas acontecem !

Vou compartilhar cada passo deste caminho, um post de cada vez …  🙂

4 comentários sobre “Por onde começar ?

  1. Tive hoje meu primeiro contato com este método, através de uma apresentação do Marlon. Encontrei no teu blog uma abordagem direta, simples e aplicável. bom trabalho!

    • Grande Gilberto, estava numa correria durante o dia, mas fico contente que tenhas acessado o meu blog, se acessares a página “blogmap” que esta disponível no menu horizontal superior, terás todos os posts divididos por natureza. Muitos amigos e conhecidos vem acessando e lendo, o que tem me incentivado a escrever mais. Qualquer dúvida, sugestão ou necessidade sobre metodologia ágil, por favor, me passa que terei prazer em municiá-lo com informações e dicas. Um grande abraço e boa sorte!!!

  2. Tchê! Muito bom esse Post!

    Tínhamos reuniões diretos com a equipe de análise, a direção e o representante da equipe… para discutir sobre o projeto… só que nunca conseguíamos ter definições concretas..

    E realmente a frase de Gemba mostra um caminho muito bom: “Discuta as coisas no local adequado, onde as coisas acontecem ! ”

    Show d+!

  3. Pingback: Um ano e meio de blog – Obrigado galera! | Jorge Horácio "Kotick" Audy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s