GUY KAWASAKI (10 20 30)

A partir de uma citação do Daniel Wildt, durante o Agile Brasil 2012, fui atras e após ler e ver mais sobre o Guy Kawasaki, tive a certeza de que valeria a pena apresentar em separado e abrir um pouco mais sobre quem é, o que pensa e algo mais sobre GUY KAWASAKI, pois achei que realmente valeria a pena.

Guy Kawasaki nasceu em 1954, reconhecido especialistas em Tecnologia e Marketing, autor do Best Seller “The Art of the Start” e outros livros de sucesso:

  • The Art of Changing Hearts, Minds, and Actions (2011)
  • Reality Check (2008)
  • The Art of the Start (2004)
  • Rules for Revolutionaries (2000)
  • How to Drive Your Competition Crazy (1995)
  • Hindsights (1995)
  • The Computer Curmudgeon (1993)
  • Selling the Dream (1992)
  • Database 101 (1991)
  • The Macintosh Way (1990)

É proprietário e Diretor da “Garage Technology Ventures”, empresa de capital de risco no Vale do Silício, conselheiro da Apple e foi responsável pelo marketing do computador Macintosh em 1984. Achei um vídeo com tradução de uma palestra dele que é inspirador:

Vale a pena ver o vídeo até o fim … o cara é uma figura, tem grandes sacadas, também tem algumas contradições, mas mesmo quem não concorde com ele, vai ter que concordar que ele tem uma ótima performance de palco   🙂

Achei no site dele um link para os tópicos do livro “The Art of the Start” (http://www.guykawasaki.com/downloads/art/Art.pdf).

Ele ficou muito conhecido pela regra 10-20-30, que elaborou “após ter assistido a centenas de péssimas apresentações de StartUps a procura de investidores”:

10 slides – Ele diz que uma pessoa não conseguiria absorver mais de 10 conceitos ou tópicos diferentes em uma só palestra, segundo ele “Se você precisa de mais de dez slides para apresentar seu negócio, você provavelmente não tem um negócio”. Ainda segundo ele, há uma lista básica de quais 10 tópicos um investidor quer entender de sua proposta:

  1. O problema
  2. Qual a solução
  3. Qual o modelo de negócios
  4. Valorize a mágica/tecnologia
  5. Marketing e vendas
  6. Competição
  7. Equipe
  8. Projeções e conquistas
  9. Status atual e cronologia
  10. Recapitule e chame para a ação

20 minutos – É o tempo que voce tem para apresentar os 10 slides, abrindo outros 20 para perguntas e respostas. Mas terá garantido nos primeiros 20 toda a apresentação, logo, se alguém sair mais cedo ou surgirem interrupções, não terá desperdiçado a oportunidade de vender de forma clara a sua idéia.

Fonte 30 – O Slide é para ter apenas os tópicos em letras grandes, NÃO é para ter um texto com letras miúdas, nem para ser lido pelo apresentador. Se a platéia perceber que voce esta apenas lendo, ela provavelmente não o estará escutando, pois lerá o restante antes de voce, quebrando o vínculo e interesse.

Afinal, criar um vínculo de atenção e interesse entre o palestrante e platéia é fundamental em uma apresentação com objetivo de vender uma idéia e conquistar um investidor para ela … caso contrário, é puro desperdício.

2 comentários sobre “GUY KAWASAKI (10 20 30)

  1. Pingback: 10 dicas para dar certo como palestrante | Jorge Horácio "Kotick" Audy

  2. Pingback: Um ano e meio de blog – Obrigado galera! | Jorge Horácio "Kotick" Audy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s