Smoothieterapia de Sábado a Sábado – experimente

Posto uma vez ao ano uma receita que no fundo é uma declaração, porque não é comida, mas coisas com sabor de infância, família, amigos, saúde, … neste post vou compartilhar uma dica saudável, familiar, refrescante e relaxante que começa em um Sábado e só termina no próximo, sete dias depois.

Um smoothie é uma bebida saudável, saborosa e muito refrescante. Feito com sucos, frutas, sorvetes, iogurtes e outros ingredientes naturais, é uma ótima fonte de energia, pois contém pouquíssima gordura e é rico em vitaminas e minerais. Um smoothie é mais do que uma bebida, é uma escolha de vida saudável ideal para quem se preocupa com o bem estar do corpo, mas não abre mão de uma combinação deliciosa – drinquepedia

1° passo – Comprar frutas frescas, saborosas, maduras e saudáveis

Sabado pela manhã, acorde cedo e vá à uma feirinha horti-fruti-granjeira promovida em todas as cidades, muitas bancas diretamente do produtor, com frequência vindas dos cinturões verdes das grandes cidades. Aproveite e escolha frutas da estação, além de outras que podem vir de outras cidades ou estados e que irão enriquecer em sabor seu Smoothie.

O site da SMIC de porto Alegre tem três listas, há 35 feiras modelos, há 6 feiras agroecológicas, além de 7 feiras do produtor, eu vou todos os Sábados na ecológica da Getúlio e do produtor ao lado do estádio Olímpico. Na época dos cítricos, estão ainda com galhinhos e folhas verdes, colhidas a alguns dias, além de pêssegos, ameixas, mamão, melão, banana.

Divirta-se, vá cedinho, vou sempre com minha esposa e/ou filha, vamos a pé andando umas 10 quadras e levamos um carrinho (colocamos papelão no fundo para machucar menos as frutas, pesadas embaixo e leves encima, frágeis na mão). Vá sem pressa e vai reconhecer amigos, pais de amigos, filhos de amigos, … ir a feira é uma terapia familiar.

2° passo – Lavar, fracionar, cortar, ensacar e congelar

Ao chegar em casa, lave tudo, separe na bancada, pegue uma faca, vá cortando e separando porções, colocando-as em saquinhos, tire o máximo de ar e feche. Você pode fechar saquinhos já mixados, mas eu guardo saquinhos com uma só fruta em porções pequenas, mais ou menos pequenas, porque nunca fazemos menos de uma jarra de smoothie.

3° passo (diário) – Bota de tudo um pouco no liquidificador

Ao chegar em casa após um dia de trabalho, nós vamos de bicicleta, são 6Km de ida e depois volta, é tranquilo, mas ao chegar em casa pegamos 3 ou 4 saquinhos do freezer e colocamos tudo no jarro do liquidificador, acrescentamos meio litro de suco natural de laranja (pode ser outros sucos, pêssego por exemplo).

Essa semana compramos maracujá fresco, a Luisa não gosta de manga, então dá pra imaginar a logística … é divertido, fazemos, separamos uns copos, colocamos mais outras frutas, normalmente a cada dia, agora no verão, cada um fica com um copo e meio a dois copos grandes de smoothie, mais ainda quando recebemos amigos e família no fim de semana.

Não é preciso colocar nada de açucar, também não é preciso descascar as frutas com cascas comestíveis como ameixas e pêssegos, mas é lógico que não é pra tudo, mamão e melão é só a polpa, maracujá é suco, banana é sem casca. Nós só usamos frutas, mas tem receitas na internet com smoothies que tem legumes, mel, yogurte, etc … pra todos os gostos.

Tem muitas receitas, mas nós só colocamos frutas e suco natural de fruta  o/

Post anteriores sobre coisas feitas na cozinha e tal:

20/07/12 – Pedrinhas de maça – fizeram o maior sucesso nos Tecnotalks de 2012 a 2014, fácil de fazer, divertido, fizemos com a Luisinha desde os 7 ou 8 aninhos, dá pra mudar os ingredientes (não gosto de frutas cristalizadas do original);
17/03/13 – Pudim de maçã com pão – Fazemos quando tem pão do dia anterior, fica tipo um pudim, se prepara e assa muito rápido e a meninada adora com o café ou chá, fazemos o recheio que fique bem farto, mas não roube a cena;
07/07/13 – Grostoli da colônia tem gosto de infância – Essa receita é tradição da colônia, quem me deu foi a mãe de uma amiga da Marinês, dá trabalho e demora, mas o resultado é delicioso, sequinho, crocante, impressionante;
23/05/15 – Granola feita em casa é tudo de bom – Esse aqui começa em uma visita ao mercado público central de Porto Alegre para comprar todos os ingredientes na banca do Holandes ou suas vizinhas, flocos, passas, com variações;
22/12/15 – Biscoitos de Gengibre – Esse eu fui atras de tanto ver falar em filmes e a receita faz os melhores biscoitinhos de gengibre do planeta, podendo ser decorados com chocolate amargo, crocantes por fora e macios por dentro;
07/08/16 – Comidinha de gato – Um gesto de cuidado e carinho com seu gatinho ou cachorro, uma comidinha feita de miúdos, fígado, moela, etc, cozidos sem nenhum sal ou tempero, picadinhas, misturadas, congeladas em porções;
11/01/17 – Bruschettas vegetarianas – Essa é um clássico, um quebra-galho saboroso e pronto em minutos, podendo ser feitas com quase que qualquer tipo de recheio e variação, mas que fica sempre uma delícia para um final de tarde.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s