1ª aula 2021/1 da disciplina Integradora II

Na última 4ªfeira iniciei uma nova jornada na Politécnica da PUCRS, assumi a disciplina Integradora II do curso de Sistemas de Informação a convite da coordenadora do curso. Uma disciplina que propõe aos alunos colocar em prática o que aprenderam em gestão de projetos, modelagem e desenvolvimento de software.

Uma breve apresentação das características e proposta da disciplina, com uma dinâmica ilustrativa de projeto e diferentes canvas, sem aprofundar, com o intuito de provocar o resgate mental de conhecimentos de disciplinas anteriores. Prevendo para o semestre um trabalho de três equipes trabalhando em escala, todos no mesmo projeto.

As dúvidas e inquietações mostraram o quanto poderá ser interessante, desde que mantenhamos um ritmo de participação. A auto-organização será o ponto chave, o livre arbítrio na formação dos times levando em consideração o perfil e conhecimentos dos alunos. Nesta primeira aula já mapeamos os conhecimento de todos, muito útil para o team building.

Fizemos um exercício de entendimento, debate e materialização em um canvas que criei para isso, com quadrantes organizados para: Área livre para brainstorming, épicos, arquitetura, poc’s, serviços e dados. Inexistia ordem ou necessidade de preencher todos, mas registrar entendimento, opinião e dúvidas.

Eramos 16 e separei o grupo em 3 equipes no Zoom, cada qual com um tempo generoso para debate e materialização de suas certezas, suposições e dúvidas. Como temos alunos que em sua maioria já são profissionais de mercado – devs, sqa, po, gp, analista – cada grupo gerou uma linha de discussão e materializou seus tickets.

Funcionou muito bem, na próxima aula eu já terei consolidado estas informações e terei a minha disposição informações mais abrangentes sobre o projeto a ser desenvolvido. A partir dele trabalharemos a decisão de arquitetura com a presença do arquiteto de soluções da AGES (agência experimental do curso de ES da Politécnica) e nosso user story mapping.

O projeto exemplo seria um App, mas um debate inicial apontou para a oportunidade de usarmos uma abordagem bem light de PWA (Progressive Web App). Assim, evitariamos as lojinhas (Apple e/ou Android), um risco e gargalo altos demais em prazo e condições a nosso alcance até o final do semestre.

PWA é uma abordagem que encurta e simplifica o start de um produto que pode ou virá a ser um App, iniciando como um site web responsivo. Desta forma, perdemos acesso e facilidades nativas, mas ganhamos o fato de ser um desenvolvimento mais acessível aos alunos em um arquitetura que será decidida semana que vem por eles.

O trabalho em escala é uma forma, ao mesmo tempo, de prepará-los para o mercado real de desenvolvimento de software e por estarmos em escala geraremos muito mais disponibilidade para troca de conhecimentos entre os alunos, sem tanta pressão de prazo. É claro que ser em escala agregará o fato de exigir mais comunicação, empatia, coleguismo, …

Conclusão

Um bom primeiro passo, um bom primeiro dia, uma boa primeira aula, com presença de quase todos os alunos matriculados, três horas na noite de quarta-feira debatendo como vamos aprender na prática. Por acaso, assim como no mercado e na vida real, é desafiador, é puxado, tem adrenalina e vai exigir atitude e muita auto-organização.

Gostei do engajamento, representado curiosamente por um comentário ao final, que “nem parecia a primeira aula, mas uma aula já no meio de semestre!”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s