O prazer e os riscos de escrever um blog!

As vezes me deparo com um mal entendido ou interpretação inesperada em um dos meus posts ou coluna, partindo do pressuposto que escrevo sobre algo que acredito e experimento, trata-se de deficiência em minhas habilidades na difícil arte de escrever para pessoas que não me conhecem e que eu não conheço, sobre assuntos que não são uma unanimidade e sobre o qual dou minha opinião.

Previsível gerar de tempos em tempos críticas, mal interpretações ou mesmo mágoas. Se isso acontecer com frequência e gera angústia ou frustração por não ter sido claro, está na hora de partir para outros meios pois escrever não é bem sua praia. Se são raros, melhor deixar um dia e a angústia passar, aprender com isso e postar um novo texto … afinal, cometemos erros, faz parte da exposição.

Quando acontece, o sentimento é de frustração gerando um sentimento de impotência, posto que não sabemos exatamente quem está lá do outro lado, quais suas vivências, e assim como interpretaram o texto pelos seus olhos e vice-versa, ambos podemos entender algo diferente do que o outro escreveu.

Mas sempre terá valido a pena, escrever e compartilhar experiências é gratificante e nos faz ir além, prestar mais atenção em tudo, buscar explicações.  Sobretudo, superar nossas limitações em escrever textos. Afinal, estudei TI e não Letras, muitas vezes escrevo, ajusto, aguardo, reviso, para depois postar, as vezes penso bem e excluo porque acho forte, leve ou apenas não é o momento.

Uma frase, um parágrafo ou um pequeno texto para falar de gente, de métodos, de perspectivas, … as vezes uma frase mal elaborada, explicada, um parágrafo que destoa, opinião é sempre um paiol de pólvora com uma lupa e o Sol batendo nela. Mais fácil seria falar sobre amenidades, culinária talvez, eu curto, mas acho que contribuo mais sobre metodologias e trabalho, mesmo com maiores riscos.

Só erra quem tenta, e errar é uma intensa forma de aprender.

Bom 2014 a todos aí! 😉

 

2 comentários sobre “O prazer e os riscos de escrever um blog!

  1. Jorge, gosto muito dos posts e da maneira como escreve. Acontece que tem gente que, ou não lê direito (lê por cima, ou sem interpretar), ou simplesmente quer achar um contraponto para mostrar que possui opinião e “aparecer” muitas vezes sem fundamentação (mas faz parecer que tem). Desde pequeno vejo pessoas criticando as outras em rodas de conversa, muitas vezes ridicularizando ou diminuindo, de forma a chamar a atenção e parecerem melhores ou mais importantes. Pessoas inseguras que precisam mostrar algo de si sempre se apoiando e empurrando para baixo os demais. E na “vida online” é da mesma forma, infelizmente… Isso é muito fácil. Difícil é pegar uma folha em branco e escrever algo legal e útil, como você muito bem o faz.

    • A la putcha, só me resta agradecer e assumir este comentário como uma meta e um grande desafio em fazer jus a esta percepção. Obrigado, incentivo maior não há! Muita luz e até breve! 🙂

      Eu vejo comentários como fruto de percepções frente a limitação de debater idéias em pequenos textos ou linhas, é natural que as vezes gerem ruído … mesmo comentários e respostas que demonstram inconformidades ou mesmo mágoas é fruto de parcialidade minha e deles. Se ao vivo, cara-a-cara é um grande desafio, imagina assim em um blog ou coluna.

      A avó da minha esposa dizia que não se conhece uma pessoa até comer uma saca de sal com ela (ela era da fronteira e uma saca eram aqueles sacos enormes sabe) … tem uma verdade, quando é alguém que conhecemos, além de ler interpretamos a luz daquilo que sabemos sobre a pessoa, senão só nos resta a letra fria … o que dá margem e aponta que eu deveria ter feito letras 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s