Eventos úteis ao empreendedorismo

Há variados eventos formados por empresas e profissionais interessados em empreendedorismo e inovação, espontâneos, em comunidade ou patrocinados. Participar é uma rica fonte de networking e aprendizado, provocativos, mantem a todos alertas à sua própria zona de conforto.

Hackatonas

Hackathon, termo eventualmente aportuguesado para “hackaton,” é uma maratona de programação na qual hackers se reúnem por horas, dias ou até semanas, a fim de explorar dados abertos, desvendar códigos e sistemas lógicos, discutir novas ideias e desenvolver projetos de software ou mesmo de hardware. Há hackatons locais, regionais e também internacionais, patrocinados por grandes empresas, inclusive com premições – https://www.google.com/search?q=hackatonas+porto+alegre

Eventos de Dojos

Analogia ao DOJO KATA (道場 ), local de treino das artes marciais, sobre movimentos de ataque e defesa, para desenvolvimento, preparo, aperfeiçoamento das aptidões físicas e psicológicas para o verdadeiro combate, incorporando-os ao modelo mental de forma a torná-los parte de seus reflexos naturais, instintivo.

O STARTUP Dojo, reúne inscritos por uma noite, separamos a galera em grupos, cada qual escolhe uma ideia e modela um canvas de negócio, com momentos de pitchs intermediário e final, com direito a feedbacks. – https://jorgeaudy.com/?s=dojo

O CODING dojo exercita uma noite de Pair Programming, testes unitários e Code Review, discussão de conceitos de programação ágil, foco em produtividade, qualidade, cobertura, colaboração, primando sempre pelos três pilares do Scrum – transparência, inspeção e adaptação.

O UX dojo reune profissionais de UX com analistas, desenvolvedores e clientes, desafiando-os a fazerem a ideação sobre uma solução em draft ou storyboards. Outra técnica constrói modelos em tamanho real ou exagerado do produto, podendo ser desenhos reais, simulações ou abstrações.

Startup Weekends

A Startup Weekend é uma organização americana sem fins lucrativos, com sede em Seattle, Washington, nos Estados Unidos. A organização tem como principal objetivo proporcionar eventos de empreendedorismo prático onde são fomentados ideias de inovação. Durante 54 horas, diversos empreendedores, desenvolvedores, designers e entusiastas se unem para compartilhar ideias, formar equipes e criar startups. Começa na noite de sexta-feira, quem tem uma ideia compartilha aos demais participantes escolherem uma das ideias mais votadas e assim, formam-se os times – https://www.facebook.com/swpoa/

“Patrocinados”

Um grande número de empresas realizam chamadas para maratonas temáticas, convidando profissionais de múltiplos perfis para em grupos multidisciplinares co-criem novas soluções. Conforme o tempo disponível, a modelagem de negócios, o desenho ou mesmo o MVP de um produto. Cada vez mais comum, patrocinados por estatais ou privadas, aceleradoras e demais ecossistemas de inovação. Outra fonte são grupos de investidores, com interesse em identificar oportunidades.

Existe muitas comunidades, como associações de startups, organizações com especial destaque como o SEBRAE, parques tecnológicos, universidades e outras instituições que se empenham em trazer grandes nomes e desenvolver a capacidade empreendedora através de eventos com palestras, debates, painéis, cases, workshops e mini-cursos.

Movimento Maker

A cultura maker se baseia na ideia de que as pessoas devem ser capazes de fabricar, construir, reparar e alterar objetos dos mais variados tipos e funções com as próprias mãos, baseando-se num ambiente de colaboração e transmissão de informações entre grupos e pessoas. A origem desse movimento está no conceito do DIY (do inglês, “do it yourself”), que significa “faça você mesmo”. Ele pode ser considerado uma espécie de vertente das metodologias ativas que têm como característica o protagonismo dos jovens na sua própria aprendizagem e desenvolvimento. Há diferentes comunidades makers que se reúnem e geram eventos desta natureza.

Meetups

Meetup é um serviço usado para organizar grupos online que hospedam eventos presenciais e virtuais para pessoas com interesses semelhantes. Foi fundada em 2002 pelo presidente Scott Heiferman e quatro co-fundadores. A empresa foi adquirida pela WeWork em 2017 e continua sediada na cidade de Nova York. Na plataforma, em praticamente qualquer cidade do globo há comunidades de prática desenvolvendo reuniões e eventos para compartilhamento de conhecimentos, networking e geração de ideias, negócios e oportunidades – https://www.meetup.com/pt-BR/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s