0

Balanço de seis anos e meio de TecnoTalks

Resgatei os posts de quase todos os TecnoTalks entre o primeiro em Julho de 2012 e Novembro de 2018, um grupo heterogêneo com mais de 2800 integrantes em 01/12/18. A cada ano o perfil dos eventos e protagonismos mudam, profissionais que chegam ao TecnoPUC e vão embora, hoje vivem em outros estados e países.

O maior desafio era demonstrar ao TecnoPUC que poderíamos seguir regras na utilização autônoma de salas e espaços, com responsabilidade às regras do parque, devolvendo como encontramos, dress code, convivência. As reservas passaram as ser feitas por alguém que atue em uma empresa do parque, mas não mais por uma das empresas.

As regras essenciais não mudaram nestes seis anos e 100 noites de eventos, mudam os temas, mas sempre em terças, quartas ou quintas a noite, raramente em finais de semana, mais raro ainda durante horário comercial. Todos foram gratuitos, houve um de arduino que repassou um custo pelo uso dos kits.

Em resumo as regras consolidadas são: preferencialmente nas noites de terça/quarta/quinta, sem apelo comercial, com seleção via enquete, sem restrições a temas, desde que de interesse, comissões de organização auto-organizadas, sempre no TecnoPUC e cumprindo a risca suas normas, eventos abertos, palestrantes e participantes com ou sem vinculo com as empresas do parque.

Houveram anos em que startup puxou, outros tecnologia, questões mais pedagógicos e mais próximos das faculdades e programas de pós, mas absolutamente todos abertos e sem qualquer apelo comercial, jamais puxado por empresas ou apresentando produtos, o foco sempre é o compartilhamento de conhecimento.

No último ano passei a compartilhar via Face Live, comprei tripé e aos poucos começou a dar certo, o próprio local passou a ser escolhido dependente de disponibilidade de rede cabeada ou wi-fi, a cada evento atingimos mais de 800 visualizações em menos de 48Hrs … assim quem não pode ir assiste remotamente ao vivo e muita gente assiste depois.

Outro babado é que vários eventos passaram a ter participações remotas via Apper.in, Skype ou HangOut, como o Deli Matsuo desde Boston, o Fábio de Salles e o Madalosso desde SP, professores da UFRJ no de Design Thinking na educação … seis anos de adaptação e abordagens variadas … amo muito tudo isso!

https://www.facebook.com/groups/tecnotalks

18/07/12 – Open Space no TecnoPUC – Cartaz – Ata
20 a 24/08/12 – Semana LT’s e FishBowls – dia1
20 a 24/08/12 – Semana LT’s e FishBowls – dia2
20 a 24/08/12 – Semana LT’s e FishBowls – dia3
20 a 24/08/12 – Semana LT’s e FishBowls – dia4
20 a 24/08/12 – Semana LT’s e FishBowls – dia5
25 e 27/09/12 – III TecnoTalks – 1º Dia
25 e 27/09/12 – III TecnoTalks – 2º Dia: pré e pós
24/10/12 – IV TecnoTalks – 1º Dia – Introdução RoR
28/11/12 – TecnoTalk 5 – 1ª Noite
28/11/12 – TecnoTalk 5 – 2ª Noite
28/11/12 – TecnoTalk 5 – 3º dia + RHoK
04/12/12 – UStream do Lean StartUp Conference San Francisco
09/12/12 – Ação da Onda Sócio Ambiental em Gravataí
11/12/12 – Tecnotalks 6, diferente de tudo o que já fizemos – pré e pós
20/12/12 – 6 meses de tecnotalks e detalhes 6º TecnoTalks / depoimentos
26/12/12 – McKenna tinha razão
14/01/13 – Reunião comissao especial Tecnotalks 2013
07/03/13 – 1º GUMA-TecnoTalks Dojos (divulgação)
20/04/13 – Idéias em Produção (Falando sério sobre dojos) – 8º TecnoTalks
11/06/13 – 9º TecnoTalks – Dia 11/06, 3ªfeira
18/07/13 – 10° TecnoTalks – Divulgação + Relato completo com fotos
19/07/13 – O melhor Tecnotalks entre tantos inesquecíveis
07/08/13 – Manifesto Luca Bastos – divulgação – relato do evento
20/08/13 – 13° TecnoTalks + GUGC – divulgação – relato do evento
07/09/13 – 14° Tecnotalks vamos planejar gestão do conhecimento
16/09/13 – TTalks FACE e FACIN – divulgação 1 – divulgação 2
22/10/13 – FACE/FACIN – 1ª noite do 15° TecnoTalks
23/10/13 – FACE/FACIN – 2ª noite do 15° TecnoTalks – chamada – relato
09/11/13 – Open Data e Smart City no TecnoTalks – chamada
18/11/13 – Startup Dojo de aniversário da RAIAR – chamada – relato
26/11/13 – Inception do http://www.tecnotalks.com.br/
29/01/14 – 1º Pic-Nic do TecnoTalks no TecnoPUC – chamada – relato
16/04/14 – TTalks sobre Gamification e Gamestorming – chamada – relato
25/04/14 – Vamos falar de lagartas e borboletas
29/04/14 – Startup Dojo com Luis Cipriani do Twitter
03/06/14 – Service Thinking – #1 Evento#2 Conceitos e #3 Visão
16/07/14 – Tecnotalks 2 Anos – DivulgaçãoComemoração e Relato
26/08/14 – ASL e TecnoTalks – Startup Livre Dojo
13/09/14 – Prototipar Hardware – Tecnotalks Arduino de 27/10/14
18/11/14 – Pré-TTalks Agile SubWay Map – TTalks Subway Maps 27/11
21/01/15 – 1º TecnoTalks de 2015 é com o POA Neters (relato pós-evento)
05/02/15 – 11/02 – Happy hour TecnoTalks esquentando os tamburins
26/02/15 – GUMA e TecnoTalks é nitroglicerina
01/04/15 – Relato sobre o POA startup talks na RAIAR
30/07/15 – Tecnotalks Vamos Falar de Empreendedorismo
09/09/15 – Vamos falar de empreendedorismo II
29/09/15 – Global TPUC – Prévia – Programa – Inauguração
07/10/15 – TecnoTalks 06/10 – LEGO Serious Play
08/11/15 – TecnoTalks 24/11 – 12º Troca de Cartões do CRA-RS
23/11/15 – Vamos falar de Empreendedorismo – BMC/LC
25/11/15- CONECTE.ME – Uma nova dinâmica de networking
30/11/15 – 12ª Troca de Cartões ainda gerando valor e reflexões
22/12/15 – Elevator pitch N x N no próximo troca de cartões
11/03/16 – GUAN/TecnoTalks – Papel de HRBP / lição aprendida
12/03/16 – 29 de 03 – TTalks Realidade virtual / Relato
09/08/16 – Mais um TecnoTalks sobre empreendedorismo
17/08/16 – BPW/TTalks – Business Dojo divulga relato extra
24/09/16 – Vamos falar sobre inteligência de negócios
25/09/16 – Semana acadêmica FACIN 2016 divulga info relato
20/10/16 – BI, Big Data, Data Mining e Data Science
02/11/16 – Desenvolvimento mobile – divulga – vídeos/relato
16/12/16 – PHP Laravel – divulgação – relato
17/01/17 – Planejando Carreiras – Felicidade e discriminação
18/01/17 – Planejando Carreiras – Networking e soft skills
19/01/17 – Planejando Carreiras – Planejamento
18/04/17 – TTalks UX dojo – relato
28/07/17 – Documentação / debate e insights
02/08/17 – TTalks Pais & Filhos – divulgação – relato do evento
18/01/18 – Storytelling & Jornada do Herói
21/02/18 – Design Thinking na Educação
28/03/18 – Painel e debate sobre TI Bi-Modal
02/05/18 – Palestras sobre BI e Data Science
10/05/18 – Debate sobre especif. por Exemplos
06/06/18 – Palestras sobre People Analytics
07/06/18 – Debate sobre Linha de Produto de SW
21/06/18 – Palestra sobre arquitetura de software
22/06/18 – Debate sobre Agile e PMBOK
23/06/18 – Toolbox na Educação
23/06/18 – Toolbox no RH
11/10/18 – Debate sobre Domain Driven Design
19/10/18 – Debate sobre GP, SM, PMO e Agile Coachs
25/10/18 – Oficina de BDD e Examplo Mapping
31/10/18 – Debate sobre O papel de PO
08/11/18 – Debate sobre DevOps & Pipeline

 

0

Empreendedorismo Nutella ou raiz

Hoje a noite, dia 21/11/18, estarei em Caxias do Sul para bater um papo, provocar e botar a mão na massa com uma galera de empresas de todos os portes para discutir inovação e empreendedorismo por um viés bem prático em velocidade Warp 10 …

Vamos nessa! Vai ter provocações e mapeamento de auto-conhecimento, vai ter exercício de Conecte-me entre os participantes, depois vai rolar Desafio Toolbox e uma provocação de um Toolbox Wall … compartilhando o conceito de Toolbox by DBserver.

O empreendedorismo de palco é um canto das sereias, uma arapuca se não houver discernimento para aproveitar o pouco que é aproveitável em meio a tantos eventos e glamour … que é um grande negócio para alguns. É preciso entender que tem muita gente que ganha muito dinheiro e visibilidade, que transformou o empreendedorismo de palco um grande negócio (para eles). É preciso usar com parcimônia, porque no meio de algumas coisas boas, muitas repetitivas, muita PNL e técnicas de marketing baseadas em frases de efeito comuns em livros de auto-ajuda de rodoviária.

O empreendedorismo raiz é conhecido, tipo ratinhos de laboratório, aquela galera que curte mais a adrenalina de construir a solução que o mercado. Já conheci muitas startups e pessoas que passam meses, anos trabalhando em algo que acaba sendo tecnicamente ótimo e comercialmente desinteressante. Quando escutam um não, deduzem que é porque ainda falta fazer mais e mais para ficar tão bom que aí vai rolar. Me lembra o Pink & o Cérebro, dentro de uma jaulinha no laboratório da ACME achando que na próxima tentativa vão conquistar o mundo.

Os dois – Nutella e Raiz – lêem e fazem cursos, workshops e eventos sobre os quatro passos para a Epifania, a startup enxuta, diferentes livros de Design Thinking e Design Sprint, participam de Startups Dojos, mas um e outro ficam na superfície, na casca, mais no show ou na tecnologia, enquanto o único caminho é buscar o equilíbrio com muita antecipação e validação. As vezes já temos tudo o que precisamos, mas o vício no palco nos leva a revisitar conceitos que já sabemos para Ahá cíclicos, dejavús redundantes, sem nunca colocá-los realmente em prática.

Já fui Agile Coach de uma aceleradora e meu papel era toda sexta-feira pela manhã me reunir rapidamente com a galera de cada startup, fechar mais um PDCL, para começar outro. Cada startup estava em um momento, alguns ainda ideando-modelando-validando, outros desenvolvendo MVP’s e validando, outros pivotando algo que o mercado apontava para outro segmento/personas, negando hipóteses, revendo tecnologia, aproximando parcerias, … a cada semana era um fio terra, obrigando a todos sairem de fluxo e se darem conta que “Tempus Fugit” … e não volta.

Na parede uma série de provocações, com certeza é de conhecimento da maioria ou de todos, com nossa propositiva Toolbox by DBServer contendo mais que boas práticas e técnicas, mas também 10 disciplinas essênciais – Pessoas, Equipes, Lideranças, Conexões/GC, Estratégia, Modelagem, Validação, Planejamento, Engenharia e Desafios. Como sempre, não sou de mandar dizer, será uma noite intensa e muito provocativa, normalmente incômoda, porque a ideia sempre é botar o dedo na moleira, fazer o papel de desfibrilador, Nutella ou Raiz.

Depois compartilho mais informações e o material, ok …  \o/

Cada um com suas opiniões (julgamento pessoal; parecer, pensamento), mas está na hora da meninada saber que startup se constrói com prática, com PDCL semanal, com evolução diária baseada em baby steps, MVT (Mínimo Viável Tudo) – produto, tecnologia, processo, eventos, etc. É preciso conhecer Lean Startup, mas mais importante é praticar. É preciso ser ágil, agilizando hipóteses, validações, pivots, tudo em equilíbrio, porque não tem receita de bolo, então é preciso aprender rápido de todas as formas possíveis …

1/3 – Provocações, reflexões e auto-conhecimento (preparatório para um exercício de iniciativa entre diferentes participantes ~ balcão);

1/3 – Fontes e fundamentos essenciais, um exercício de apresentação e balcão, com propostas de iniciativas entre  os integrantes (Conecte.me);

1/3 – Usaremos o jogo Desafio Toolbox 360° para selecionar algumas técnicas para os próximos passos para validar UMA das iniciativas.

mapa empreendedorismo nutella e raiz

0

Lean Space Conference | Floripa | SoftPlan

O Lean Space Conference será o maior evento gratuito sobre Lean & Agile do Brasil, as vagas esgotaram rapidamente, instigado pela galera da SoftPlan que empreende a algum tempo um processo de adaptação de seus processos à princípios Lean de fluxo contínuo em meio a um processo pró-ativo de melhoria contínua.

https://www.sympla.com.br/lean-space-conference__384096

AGENDA:

9h00 às 10h00 – Dr. Rupy Sawhney – University of Tennessee – USA
Tema: People driven Lean Systems : A model for Sustanability

10h00 às 11h00 – Luiz Cláudio Parzianello – Surya
Tema: Lean Business: Muito além de uma análise enxuta!

11h00 às 12h00 – Samuel Crescêncio – Lean it 101
Tema: Tendências tecnológicas para 2019 e o seu impacto nos modelos existentes

14h00 às 15h00 – Luiz (Lula) Rodrigues – Knowledge 21
Tema: Introduzindo o Lean Kanban: Uma abordagem sistêmica

15h00 às 16h00 – Jorge Horácio Audy – DBServer
Tema: Carreira em tempos de mudança! Interativa, incremental e articulada

16h30 às 17h30 – Erasto Meneses – Softplan
Tema: Lean na veia, uma história real

————————————————–

Rupy Sawhney:
Atualmente é professor de Engenharia Industrial e de Sistemas no Universidade do Tennessee, Knoxville; Heath Fellow em Negócios e Engenharia; Professor em Programa Interdisciplinar em Energia; Nomeação conjunta com o Complexo de Segurança Nacional Y12; e professor visitante na Universidade de Loughborough, no Reino Unido. Ele era um professor de Weston Fulton e Chefe de Departamento durante 2010-2013. Sua pesquisa atual se concentra em idéias inovadoras para melhorar
excelência operacional em sistemas complexos. Ele decompôs sua pesquisa em três componentes (i) inteligência de fabricação, (ii) inteligência organizacional e (iii) design baseado em pessoas. Já trabalhou com mais de 200 empresas e é ganhador de vários prêmios (Boeing Welliver Fellow, Prêmio Faculdade Alcoa, IIE Lean Teaching Award, Reuben Harris Award e Accenture Teaching Excellence Award)

Luiz Cláudio Parzianello :
Engenheiro Eletricista pela PUCRS e Mestre em Engenharia Biomédica pela USP, acumulou experiências profissionais durante 30 anos em Tecnologia da Informação, Gestão de Negócios, Pessoas, Projetos, Produtos Digitais e Processos Ágeis. Durante esse período, atuou para grandes empresas e fundou a Surya. Foi um dos pioneiros na adoção e disseminação dos valores, princípios e práticas do Manifesto Ágil no Brasil. Coautor da Agile Extension to the BABOK (Business Analysis Body of Knowledge), um projeto conjunto entre o International Institute of Business Analysis e a Agile Alliance, também é autor e promotor das abordagens Lean Business Analysis e Scrum for Business no Brasil.

Samuel Crescêncio:
Engenheiro de software, autor, instrutor, empreendedor e executivo experiente, com mais de 23 anos de experiência prática. A experiência completa de Samuel ajuda-o a estruturar sistemas de entrega contínua totalmente automatizados, com automação de testes completa construída a partir do zero, levando a arquiteturas verdadeiramente evolutivas e de alta qualidade.

Luiz (Lula) Rodrigues:
Luiz Rodrigues​, ou Lula, desenvolve sistemas desde 2008. É um facilitador hábil, com uma mente aguçada que consegue atuar de uma forma leve e serena. Coordenou projetos de software para o mercado financeiro durante quatro anos, com o desafio de tornar mais ágil um setor historicamente tradicional. Apaixonado pela comunidade ágil, é atuante em discussões abertas, palestrante e voluntário em grandes eventos de tecnologia e agilidade. Segue fortemente valores e princípios que norteiam não só as decisões no seu trabalho, mas também em todas as camadas da sua vida.

Jorge Horácio Audy :
Agilista e escotista 24 horas por dia ! Sou Agile Coach pela DBServer, professor na FACIN/PUCRS nas disciplinas de Tópicos Especiais em Eng de SW e Gerenciamento de Projetos. Mestre na linha de pesquisa de Gestão da Informação pela FACE/PUCRS, ativo organizador, participante e palestrante na comunidade ágil brasileira. Já coordenou projetos de maturidade de software, treinamento e coaching para formação de equipes, mentoria a startups, autor de livros sobre SCRUM, Team Building Games e Toolbox, além de blogueiro.

Erasto Meneses:
Profissional com 20 anos de experiência profissional, sendo os últimos 7 anos em gerenciamento de projetos, coaching ágil, gerenciamento de mudanças, analista de sistemas, testes de software e garantia de qualidade, mais 5 anos de experiência em gerenciamento de grandes contas e coordenação de pessoal e 5 anos de experiência na área. área comercial e atendimento ao cliente. Certificado em processos Kaizen / Lean com uma longa experiência em melhoria contínua e transição / transformação ágil a partir de métodos tradicionais de desenvolvimento.

1

Debate Entre Especialistas – DevOps e Pipeline

Um debate com a presença de integrantes da equipe de plataforma e arquitetura da DBServer protagonizaram um debate sobre Pipeline e DevOps na disciplina de Tópicos Especiais em Engenharia de Software do curso de Sistemas de Informação na Politécnica da PUCRS.

Este é o quinto Debate Entre Especialistas de 2018/2, após Domain Driven Design (DDD), Behavior Driven Development (BDD), GP + Scrum Master + PMO + Agile Coach, Product Owner (PO) e por último este sobre DevOps e Pipeline.

O material utilizado está em https://www.slideshare.net/secret/spy80GbsPNOnKg.

0

10/11 – Workshop de Jogos e Toolbox no mesmo dia

Serão dois workshops no dia 10/11/18, Sábado, pela manhã Jogos 360° (Team Building Games) e à tarde Toolbox 360°. O objetivo de fazer os dois no mesmo dia é facilitar para quem é de fora de Porto Alegre poder participar dos dois. Outro motivo fundamental é fotografar e fazer takes para vídeos explicativos, posto que na semana seguinte espero começar a formar facilitadores Brasilsão afora.

Manhã: Jogos 360° – R$150,00
http://bit.ly/jogos360-101118
Cada participante irá debater fundamentos e exercitar dezenas de jogos de quebra-gelos, aquecimento e Agile Games. Ao final ganha o livro Jogos 360° e um A3 com um canvas para planejamento de jogos.

Tarde: Toolbox360° – R$250,00
http://bit.ly/Toolbox360-101118
Cada participante debaterá dezenas de técnicas, vamos jogar o Desafio Toolbox, experimentar a técnica de Toolbox Wall, muita interação em grupo. Ao final todos levam o kit do jogo com o tabuleiro e o baralho com 115 técnicas.

Alguns depoimentos:

“Trabalho na área de Marketing Digital, e é incrível aprender coisas novas e poder adaptar para o meu contexto. O Workshop proporcionou conhecimentos e reflexões não só sobre processos de trabalhos, mas também sobre carreira. É incrível ver como todos os problemas e desafios se tornam mais leves e simples de se resolverem quando pensamos de forma sistemática, organizada e com propósito, entregando valor.” – Carolina Ullian – Analista de Marketing Digital na RedeHost (Ed 02/06 – TecnoPUC)

“O workshop Toolbox 360° possibilitou ter contato com dezenas de ferramentas que muito úteis em minha atividade profissional. Recomendo, em especial para quem trabalha com grupos e deseja conhecer formas disruptivas de conduzir e engajar equipes.” – Barbara Silva Costa – Sistemica desenvolmento educacional (Ed 02/06 – TecnoPUC)

“Percebi que projetos que estava desenvolvendo poderiam ser muito mais colaborativos e com mais sentido para as minhas equipes de trabalho. Alterei uma metodologia de um projeto já na segunda-feira e obtivemos um resultado com um propósito muito mais alinhado com a missão deste projeto. A forma apenas começou a ser mudada e já vemos um horizonte muito mais eficiente. Acho que está é a forma de criarmos algo realmente novo no mundo corporativo.” – Alexandre Ascal – Consultor e Coaching Executivo. (Ed 02/06 – TecnoPUC)

“Vivenciar esse momento no sábado foi muito gratificante, além de todo o conhecimento absorvido com foco em desenvolvimento de projetos, o professor Jorge nos auxilia no planejamento da nossa carreira, eu que de certa forma me sentia “perdida” nessa jornada profissional saí de lá cheia de respostas. Só tenho a agradecer pela tarde de valor imensurável.” – Pamela Moraes da Rosa – analista de Suprimentos Gerdau (Ed 02/06 – TecnoPUC)

“Eu pessoalmente já tenho em mente utilizar a Janela de Johari no meu ambiente pessoal para me tornar uma pessoa melhor com meus familiares, amigos, enfim, pessoas próximas.” – Vinicius Bittencourt Ramos – Analista de testes (Ed 02/06 – TecnoPUC)

“Participar do workshop para mim foi muito mais que aprender e discutir ferramentas, conheci novas pessoas e pude ver a aplicação das técnicas através de outros olhos. Excelente experiência!” – Camila da Silva Capellão – Analista de Negócios CWI (Ed 02/06 – TecnoPUC)

“Tirou minhas ideias do lugar e me pôs a pensar…” – Mara Lúcia Barbosa da Silva – Educadora Escola Convexo (Ed 02/06 – TecnoPUC)

“Foi útil, divertido e traduziu o sentido da aprendizagem 3.0, que valoriza o conhecimento dos indivíduos e constrói novos conhecimentos a partir da troca de experiências. A condução foi consistente e fluída, combinou jogos, teoria e exemplos práticos de aplicação. Além disso, a conexão das pessoas potencializou a criatividade, a visão crítica e a flexibilidade cognitiva, características relevantes na sociedade do século XXI.” – Fabiane Castro – Inteligência Competitiva e de Mercado | Escola de Negócios da PUCRS (Ed 14/07 – TecnoPUC)

“A experiência foi sensacional. Tive inúmeros insights de erros que costumamos cometer sem nos darmos conta e consegui pensar em inúmeras aplicações de jogos em ambientes de sala de aula visando a maximização do processo de aprendizagem. ” – Barbara Silva Costa – Professora Unisinos (Ed 14/07 – TecnoPUC)

“Foi uma tarde maravilhosa, muito aprendizado, troca e carinho! Por mais dias como este! Gratidão imensa por estar con vc e os outros amigos!” – Déborah Zavistanavicius Zapata – Agile Think Consultoria (Edição SP)

“Aprendemos de forma bem prática sobre o uso das técnicas, como encaixá-las nos diversos cenários e como adaptar. Adaptar sempre!” – Gabriela Corrêa – BRQ IT Services (Edição SP)

“Sábado de mais aprendizado! Tollbox 360° Wall … Foi show!” – Edilaine Miguel – Vagas.com (Edição SP)

“Foi um grande prazer participar desse workshop, simplesmente sensacional!” – Camila Fonseca – Santander (Edição SP)

1

31/10 – PO – Debate Entre Especialistas

Na noite do dia 31/10/2018, das 19:30 as 22:00 na sala multiuso Talento Empreendedor do TecnoPUC, rolou um debate sobre o papel de PO (Product Owner) com um time eclético, diferenciado na atuação em equipes, produtos e projetos de diferentes ranges.

1. Caroline Moura Ferreira – Product Owner no SICREDI em projetos de referência em Agile, MBA em finanças na USCS.
2. Karina Kohl – Head de Operações Globo.com, PO de Live Coverage e Doutoranda em Ciência da Computação.
3. Rodrigo Souza – Scrum Master e MBA em Gestão de projetos na Here Technologies, Local Change Detection.
4. Willian Ribeiro – MBA em Gestão de Negócios e TI, analista de negócios na DBServer em projetos ágeis.
5. Alessandro Ott Reinhardt – PO América Latina no time de integração automática de dados na Here Technologies.

A Karina é uma referência na coordenação das trilhas de produto dos últimos Agile Brazil, TDC e Trends, a Carol e o William são talentos da nova geração, ela uma das melhores PO’s com quem já trabalhei e ele analista de negócios na DBServer com experiência em projetos internacionais em equipes distribuídas. O Rodrigo e o Alessandro apresentaram suas vivências em projetos e tornou conhecida para a maioria de nós a empresa Here Technologies, um multinacional líder na área de GPS e mapas, embarcados nas maiores marcas da indústria automobilística.

A estratégia do debate seguiu uma linha temporal desde a estratégia às entregas, perpassando pelos passos de gestão do product backlog, planejamento, daily, refinamento, review, retrospectiva, com muitas dicas sobre dinâmica de negócio e time, ferramentas, ambiente, papéis e cultura.

Se você nunca participou de um evento TecnoTalks, aqui está o link do grupo no Facebook. É um espaço para criar ou compartilhar eventos e conhecimento. Desde 2012 já foram mais de 60 eventos organizados, sempre com propósito singular, muitos sobre Agile, carreira e cultura organizacional é verdade, mas também arte, jogos, tecnologia – https://www.facebook.com/groups/tecnotalks/

1

TecnoTalks – Oficina BDD e Example Mapping

Na 5ªfeira de 25/10 exercitaremos BDD e Example Mapping com a Ana Hermann, uma especialista no assunto e criadora do BDD Warriors, ela fará uma oficina sobre BDD e de Example Mapping do Matt Wynne.

Não haverá transmissão, é uma oficina prática das 19:30 as 21:00 na sala 306 do prédio 32. Quer você seja PO, SM, equipe ou usuário, vale muito a pena! Criei um evento lá no TecnoTalks para registro – https://www.facebook.com/events/873715292819477/

Para esquentar e chegar com perguntas e opiniões:

1. BDD Warriors – https://www.facebook.com/search/top/?q=bdd%20warriors

2. Dá uma olhada no blog do Cucumber sobre Example Mapping – https://cucumber.io/blog/2015/12/08/example-mapping-introduction

3. Também podes dar uma olhada no blog do Steve Tooke – https://cucumber.io/blog/2018/05/23/your-first-example-mapping-session

4. Ou mesmo dar uma assistida no Example Mapping Webinar – https://cucumber.io/blog/2018/02/27/example-mapping-webinar

Debate Entre Especialistas - BDD