Apenas “cumprir ordens” muda diariamente o mundo

Estava preparando uma apresentação para esta semana onde cito John Von Neumann, um dos pais do computador ENIAC enquanto cientista e pesquisador em Princeton, também um dos colaboradores do famoso projeto Manhatan da bomba atômica americana. Judeu nascido na Hungria com o nome de Margittai Neumann János Lajos, destacado estudante e pesquisador em Berlin e Zurique.

Idealizador da arquitetura dos “cérebros eletrônicos” que suportam nossos computadores desde o ENIAC até a última geração de notebooks que usamos hoje, a “arquitetura de Von Neumann” propôs uma unidade de memória a ser utilizada tanto para programas quanto para dados, uma Unidade de controle, uma unidade de aritmética e lógica, registradores e unidades de entrada e saída.

arquitetura-von.neumann

Fugido da Alemanha Nazista, Von Neumann foi um dos mais importantes matemáticos do século XX, contribuindo em vários campos do conhecimento, mas único e fundamental no campo da computação. Dito isso, o universo é um jogo de dominós, curioso como em meio a barbárie da II guerra mundial o mundo teve seu eixo científico e acadêmico definitivamente alterado.

A submissão cega a pseudos-líderes carismáticos atingiu seu auge na II guerra e apesar da história ter consagrado Jesse Owens como vencedor de 4 medalhas de ouro na Olimpíada de 1936 em Berlin, não percebemos a grande lista de alemães e europeus que foram empurrados para os EUA e ajudaram a transformar aquele país na potência acadêmico-científica que ele é hoje.

Migração e asilo acadêmico-científico na II guerra

Tenho especial admiração por Albert Einstein, não só por ter sido um dos mais destacados cientistas do século XX, mas por também ter sido um homem a frente de seu tempo em questões humanitárias. Talvez já fosse um filósofo ou por ser judeu e ter sido obrigado a fugir da Alemanha nazista no início da segunda guerra lhe tenha aberto os olhos para seu papel além da ciência.

No início da II guerra, em meio a insanidade que despontava no horizonte, a Inglaterra e EUA empreenderam programas de asilo intelectual a acadêmicos e cientistas europeus, muitos judeus-alemães.  Centenas de pessoas, dezenas deles expoentes em suas áreas, 15 futuros ganhadores de prêmios Nobel tiveram guarida em um programa chamado “Conselho de Assistência Acadêmica”.

Na materialização do medo étnico empreendido pelo nazi-facismo a partir da década de trinta, buscaram o exílio nomes como Albert Einstein, John Von Neumann, os prêmios Nobel de física Max Born, Dennis Gabor, Emílio Segré e Hans Bethe, Nobéis de medicina Ernst Boris Chain, Bernard Katz, Hanz Krebs, Fritz Lipmann, Otto Loewi, Salvador Luria e Max Delbrück, Nobéis de química Gerhard Herzberg, Max Perutz, John Polanyi e JeroslavHeyrovský.

O equilíbrio de poder existente hoje no mundo não seria o mesmo se milhões não tivessem seguido cegamente um fanático populista. O pior é que a humanidade aprendeu muito pouco, pois porções da humanidade continuam “cumprindo ordens” … quanto mais poder se concentra nas mãos de poucos, mais insanidade e inconsequências somos obrigados a assistir, até mesmo porque usualmente o poder é almejado por quem tem sede de poder … isso NUNCA vai dar certo!

Espero que este texto tenha passado uma porção de mensagens subliminares … O fato é que uma maioria leniente é quem legitima uma minoria de líderes egocêntricos e inconsequentes. Isso vale para tudo, para o mundo, para os continentes, para os países, para as empresas, vale para a vida!

Enquanto vivermos a vida como se fosse a brincadeira infantil de “Siga o Líder”, sem participar, sem questionar, se isentando e olhando para o seu umbigo … o destino virá ao sabor de eventos que estarão sempre fora de nosso controle.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s