Não perca os vídeos de apresentação do FB pelo Mark

A seguir o primeiro vídeo feito pelo Mark Zuckerberg para em minutos ele apresentar alguns metros quadrados do QG do Facebook, espaço onde ele mesmo tem sua mesa, no olho do furacão. Condição em que alguns consultores defendem como sendo ambientes open spaces com ruído ambiente, sujeito a doenças psico-somáticas pela alta exposição, dificuldade de concentração e falta de privacidade. Espero que estes posts que venho fazendo gere bons argumentos para quem precisar defender um “go-no go” para ambientes abertos/ágeis.

O mundo gira, alguns baby boomers, um tanto mais de X e a maioria dos millenials (Y) são 100% conectados, inquietos, buscam por lugares que os instiguem a fazer mais, melhor e diferente. Não adianta defender a volta do fusca e do guaraná de rolha, melhor se dar ao direito de olhar para a frente. Dê um crédito adicional ao Darwin, adaptabilidade é a chave.

Vale a pena dar uma conferida no canal do Facebook, pois o velho Mark afirma que rolarão vários vídeos em primeira pessoa, falando deles, o que achei uma grande jogada. A diferença é que os outros colocam estes canais no Youtube  🙂

mark

https://www.facebook.com/zuck/videos/10102367711349271/

Enquanto alguns acreditam ainda em espaços pequenos e fechados para valorizar a concentração e a introspecção de profissionais, por todo lado outras empresas valorizam a interação humana, construindo pequenos ecossistemas onde as trocas e choques entre diferentes “organismos” deste ecossistema geram e potencializam a capacidade absortiva e oportunidades. Na prática, significa que há muito mais NÓS que EU e VOCÊS nas frases do dia-a-dia.

Eu por exemplo, sou um baby boomer rebelde, trabalho a anos em um ambiente desta natureza e kilate, assim como milhares de profissionais das empresas mais sonhadas e desejadas do mercado … Os espaços de trabalhos do Wallmart.com, Google, Facebook, DBServer, TW, Tlantic e muitos outros foram criado para pessoas do mundo atual, que enxergam o mundo da mesma forma que as novas gerações, cooperativa, dinâmica e adaptativa … ágil!

charlesdarwin

A chave não é reclamar da amplitude que facilita a propagação do barulho, mas mudar a atitude das pessoas que nele trabalham, que não gerarão barulho que possa prejudicar o cotidiano dos colegas e de si mesmo. É claro que mudança de atitude, cultura e desenvolvimento de novas habilidades demanda tempo, mas como qualquer metodologia ágil e outros frameworks contemporâneos, os resultados dependem de crença, persistência e coaching construtivista.

2 comentários sobre “Não perca os vídeos de apresentação do FB pelo Mark

  1. O lema de Darwin é um dos meus lemas de vida! Excelente post, assisti o vídeo, mas não deu para ler o que estava embaixo do computador dele, na mesa dele… 😉 Ele estava muito bem comportado, mas uma hora quase caiu no “I’m the CEO” kkkk

    • E olha que ele tem direito de dizer, como poucos, … se roubou ou não a ideia não sei, mas o que ele fez com ela sim, tem que ter bala na agulha para transformar o FB na empresa que transformou. Dá-lhe! \o/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s