Que tal usar uma storytelling e HMW em sua retrô?

Que tal dar uma tunada nos planos de melhoria contínua e dominação do mundo do seu time Scrum? Há uma grande variedade de dinâmicas para retrospectiva a disposição de todos, mas uma opção diferente é usar essas duas do Design Thinking.

No preâmbulo é fundamental explicar que trata-se de uma retrô diferente, com um bom tanto de inovação e empreendedorismo, ao fazê-lo explique a origem do HMW nas práticas de sprint design do Google e o seu viés na busca de um viés desafiador, na busca por debater pontos que habitualmente passam desapercebidos.

1º. Prepare a sala trazendo tudo o que você tem sobre o sprint que está encerrando e eventuais históricos. O quadro Kanban, burndown, diário de bordo, cycle time, burnup do MVP ou Release em curso, … ocupe bem de boas uma das paredes;

2º. Ao chegar a galera, podemos ou não aplicar um quebra-gelo ou aquecimento adequado ao momento e perfil do time;

3º. Explique a dinâmica, que cada um terá a partir de agora um bloco de postits grandes e canetinhas coloridas, haverá um storytelling do sprint e informações relevantes, para que enquanto isso e logo em seguida cada um registra de forma incógnita um desafio por postit – How Might We …? – Como nós podemos …?

4º. Desenvolvam um storytelling bem descolado, do primeiro ao décimo dia relatando tudo o que rolou, boa parte materializada na parede, como planejamento, fluxo, diário de bordo, métricas, etc;

5º. Na medida que a galera vai escrevendo os postits com desafios de melhoria vai gerando uma pilha no centro da mesa ou do círculo – superação, inovação, além do cotidiano ou das justificativas ou tudo aquilo que já esperam de nós, HMW são perguntas desafiadoras sobre como ir além em cada oportunidade ou brecha percebida;

6º. Debate, peça que um por vez pegue um postit aleatório da pilha, o leia e discutam como executá-lo, decidindo coletivamente se gerará um plano de ação, um ponto de atenção ou se vão desconsiderá-lo. Na medida que os postits vão sendo discutidos, cole-os no quadro e registre o que for relevante e o endereçamento ou plano de ação;

7º. O resultado, sempre, mesmo em um time bastante maduro e experiente, são desafios renovados, interessantes, inusitados, que geram ótimos planos de ação.

Se quiser saber mais sobre HMW – https://jorgeaudy.com/2017/12/21/inicie-questionando-tudo-inclusive-as-certezas-how-might-we/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s