UX Dojo – uma técnica eclética para diferentes momentos

Que tal uma técnica que reune um grupo multidisciplinar para fazer desenhos da solução em discussão, sem preocupação com detalhes, mas o suficiente para alinhar as imagens sub-conscientes que cada um faz ou fez dele? Além da garantia do valor gerado, é muito divertido e instrutivo.

Imaginando o ciclo de vida de um produto, temos desde a ideia ou problema a ser resolvido, algo a ser modelado, entendido, validado a cada passo incremental, sujeito a pivots, com MVP, MMP, incrementos, go to market, escala de vendas e produto, escalando também o próprio negócio.

Basicamente uma técnica criada para reunir variados profissionais e clientes, inclusive UX’s, de forma que em um ou mais grupos multidisciplinares autônomos debatam, desenhem, proponham, convergindo para uma visão mais clara das principais features, balizando produto ou negócio.

Neste enorme ciclo de vida, é possível ter como input de um UX DOJO qualquer uma destas etapas, para entender e apurar a ideia de forma colaborativa, antes de uma concepção ou inception, durante ou depois, quer para co-criação, validação ou evolução, talvez durante nossos refinamentos.

Compartilho dois relatos, um fechado com o meu primeiro UX Dojo e um aberto no TecnoTalks:

No mês de Dezembro/2020 eu conduzi mais um, reunindo profissionais multidisciplinares da DB e um grande cliente da área Agro. Com a presença do time e alguns convidados, além de clientes e lideranças, logo após a realização de uma inception daquele projeto.

Propus o mesmo exatamente porque durante a inception ficaram alguns gaps aparentes de entendimento sobre uma das principais funcionalidades previstas. Fizemos virtual, remoto usando o Miro e Teams, separando em dois grupos com 6 ou 7 integrantes em cada.

Cada grupo foi puxado por um UX e contou com 50% de clientes e 50% de integrantes do time que irá desenvolver o projeto, o tempo foi de 3 horas, o turno foi pela manhã:

1. Abertura com 15 minutos de boas-vindas e apresentação da dinâmica com exemplos e acordando nosso slogan com o objetivo mínimo;

2. Um briefing rápido para alinhamento logo em seguida, o suficiente porque fizemos alguns dias atras uma inception sobre o produto e inception;

3. Separamos as equipes, por adesão, um UX e fifty-fifty, distribuindo a galera e iniciando o debate em salas do teams, na batura dos UX’s;

4. Compartilhamento, tivemos um momento de checking após 60 minutos de grupos, um pequeno pitch apresentando um grupo ao outro a evolução, insights e dúvidas. O objetivo, com sucesso, foi aproveitar as melhores percepções de cada grupo para acelerar o trabalho de ambos;

5. Fechamento, ao final da manhã foi feito mais um pitch de cada grupo. O momento de troca no meio da manhã, naturalmente, fez com que os grupos aproveitassem o melhor de cada um e convergissem para um desenho muito aproximado em ambos, com diferenças menores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s