O que isso tem a ver comigo?

Sempre é um prazer compartilhar informações quando há um propósito comum e envolve pessoas engajadas em trocar aprendizados práticos, cases e provocações que instigam o desenvolvimento humano. Esta semana tive a oportunidade de participar de mais uma oportunidade destas, junto de pessoas admiráveis.

Logo de início um convite à reflexão, se por um lado a pandemia gerou um distanciamento social protocolar que nos pauta há mais de ano, por outro, o uso de recursos audio-visuais para videomeetings e ferramentas virtuais nos aproximou e venho para ficar, gerando com frequência Lives e eventos com centenas de pessoas.

Aos poucos quebramos barreiras geográficas, nos acostumamos a pensar convidados que muitas vezes estão em outras cidades, estados e países. Além disso, pessoas acostumadas a compartilhar, tem agora mais tempo para participar e interagir, mesmo digitalmente, pois eliminaram uma carga horária enorme de translados.

Para alguns pode parecer um detalhe circunstancial, mas podemos usar esta mudança e oportunidade para muitas reflexões sobre mudança de mindset, sobre o modelo de Broadwell e sobre zonas de conforto. Na prática, o quintal de nossa casa (e empresas) deixou de ter uma cerca para ser o mundo.

O melhor de tudo é que iguais se atraem e a cada evento nos aproximamos mais de mais pessoas que pensam igual, gerando juntos campos mórficos que exponencializarão as mudança que todos queremos. Juntos sempre somos mais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s