AntiFrágil – Nassim Taleb

Antifrágil demonstra como sistemas podem reverter e prosperar de choques, volatilidade e incerteza, enquanto sistemas frágeis quebram e resilientes se mantém. Como você mesmo pode adaptar características mais antifrágeis para prosperar em um mundo incerto e caótico.

O autor, Nassim Nicholas Taleb, é um estatístico e através de seus estudos, pesquisas e livros contribui com Teorias sobre Aleatoriedade e Incertezas. Ele destaca que alguns sistemas conseguem prosperar frente a crises, enquanto outros quebram sob pressão.

. Sistemas frágeis quebram sob estresse ou pressão inusitada;
. Sistemas resilientes sofrem com a crise, mas se recuperam;
. Sistemas
antifrágeis buscam se fortalecer e se beneficiar sob pressão.

FRÁGIL, RESILIENTE & ANTIFRÁGIL

Inexiste receita para ser um sistema antifrágil, esta é uma característica que envolve questões as mais variadas e podem se referenciar a pessoas, ecossistemas, negócios, produtos, serviços, ambientes, processos ou ferramental, por exemplo.

Itens frágeis quebram sob estresse, itens antifrágeis aprendem, respondem e ficam melhores com isso. Em caixas postais frágeis, colamos em todos os lados uma etiqueta e registramos “Frágil – Manuseie com cuidado!”. Em caixas postais resilientes ou antifrágeis isto não é necessário.

Nassim Taleb cunhou o termo AntiFrágil para descrever sistemas ou itens que se beneficiem do choque e prosperam em ambientes voláteis, porque à medida que ficam estressadas e sob pressão, elas melhoram, não pioram. A tempo, um sistema antifrágil geralmente possui partes frágeis.

EXEMPLOS

Um carro possui todo um planejamento, peça-a-peça, que em um choque frontal, lateral ou traseiro, fará com que peças se inutilizem, movimentem e fundam-se de forma a proteger os seus passageiros. A fragilidade de suas peças e esquema de montagem torna-se sua força e um choque.

Taleb cita a teoria da evolução de Darwin como antifrágil, posto que evoluímos de nossos ancestrais com base nas características genéticas que mais nos ajudam a sobreviver. O sistema usa vida e morte como indicadores de sucesso, a evolução é uma consequência antifrágil.

Outro exemplo dele é o desenvolvimento muscular, pois em uma academia realizamos esforços que estressam os músculos, tendões e ligamentos, que ao serem estressados trabalham internamente em seu fortalecimento em resposta ao stress recebido.

Uma vacina é um sistema tipicamente antifrágil, ao inocularmos uma pessoa o corpo dela começa a processar o intruso de forma a eliminá-lo ou proteger-se dele. Um stress sob controle é um eficiente sistema antifrágil que torna o organismo mais forte frente àquele stressor.

NASSIM TALEB

Nassim Nicholas Taleb, americano com ascendência libanesa, estudou em um colégio francês em Beirute, Msc em Matemática pela Universidade de Paris e depois PhD em administração. Migrou para os Estados Unidos, famoso por seus estudos sobre improbabilidade e incertezas.

BARBELL – Pequenos prejuízos E/OU grande lucro

Leitura obrigatória para profissionais da área de investimentos, lições aprendidas por ele enquanto trader na bolsa de valores de Chicago, no mercado de câmbio de alta volatilidade. Ele inclusive propôe o que chama de estratégia Barbell (*) para se beneficiar com os cisnes negros.

(*) A estratégia de Barbell defende que nossa carteira deve estar alocada 90% em investimentos de baixo risco (Títulos de Renda Fixa de liquidez diária, dinheiro, Ouro) e 10% em investimentos de altíssimo risco, mas com alto potencial de retorno (bitcoin, smallcaps, opções de ações).

Nassim Taleb defende que é preciso estar posicionados de maneira convexa a possíveis crises e eventos raros positivos, via opções. Uma estratégia controversa, dado o custo de investir nos dois pontos, contando com o sucesso da sua posição ou necessidade de reposicionamento.

Outro ponto que merece atenção nessa estratégia é que ela pode não estar disponível para a maioria dos investidores, visto que necessita de conhecimento técnico e de capital para a montagem de operações estruturadas via derivativos.

AS AZEITONAS DE TALES DE MILETO

Tales de Mileto foi um cientista grego do século VI antes de Cristo, segundo Taleb, pode ser usado como exemplo de opções na estratégia Barbell. Enquanto cientista, para provar o valor da ciência, analisou e previu uma possível safra excepcional de azeitonas. Segundo os registros da história, ele negociou a opção de uso de prensas para fazer o azeite. Utilizando-se de uma negociação de opções futuras de uso, teria grande ganho frente aos concorrentes se uma colheita confirmasse sua previsão, enquanto teria um pequeno prejuízo caso ela não acontecesse.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s