0

Vem aí mais uma edição da Geração DUX

O programa Geração DUX para desenvolvimento de lideranças tem turmas anuais com teoria, promove vivência, treinamentos, oficinas, visitas e contatos que fomentam a preparação de novos líderes, inspiradores, com atitude, pautados pela ética e pertencimento a uma sociedade mais justa e sustentável. Quem promove o programa é a Fundação Gerações.

A “Fundação Gerações” é uma organização sem fins lucrativos, com foco no terceiro setor gaúcho. Como meio, apoiar projetos de valor social por meio de fundos de investimento e pela formação de jovens líderes – http://geracaodux.com.br –  apoio institucional do CIEE/RS, UniRitter e Instituto Jama, mantenedoras como AES Sul, Gerdau, Vonpar e FMSS.

Em 2019 tive o privilégio de poder compartilhar um workshop para a galera, conhecer cada um é uma aventura, não há nenhum padrão previsível, área de atuação, curso, mas um perfil apaixonante a procura de conhecimento e muitos com históricos de voluntariado e compartilhamento desde cedo, buscando ali novos saberes que igualmente repassarão.

A edição 2020 ainda está aberta para inscrições e selecionará turmas que debaterão uma grande amplitude de conhecimentos e participarão de diferentes vivências, com o intuito de desenvolverem diferentes hard e soft skills, incentivando o desenvolvimento de jovens líderes para o mundo melhor que queremos.

Dá uma olhada nos dois vídeos abaixo, um sensacional sobre a edição 2018 e algumas dicas com Fernando Schüler:

Qualquer profissional que não seja filho de chocadeira (*) deveria compartilhar e divulgar iniciativas como essa, qualquer um que tenha jovens na família, filhos de amigos, vizinhos, … deveria fazer chegar esse tipo de oportunidade e outras tantas como S2B, S2BA, Aceleradora de equipes do CI do TecnoPUC, Torneio Empreendedor, Arduino Day, TecnoPUC Experience, uma edição de Startup Weekend na sua cidade, …

É triste quando comento, ouvir de jovens que eles não ficaram sabendo a tempo, por um lado eles precisam aprimorar seu networking, por outro me pergunto que tipo de exemplo são seus pais, tios e adultos de seu atual networking, que ao ver algo sensacional para eles não se preocupam em compartilhar, cita-los em posts ou comentários, … alguns chegam a curtir, mas é algo mecânico, porque curtiram e não se deram ao trabalho de fazer chegar aos seus.

Filho de chocadeira é uma expressão regional quando o pinto nasceu sozinho, aprendeu a se virar sem vínculos e por isso não tem habilidade alguma em pensar em ajudar os seus, reproduzir o carinho e atenção que (não) recebeu quando nasceu dentro de uma chocadeira … Chocadeira é uma máquina para fazer chocar ovos …

0

Serendipity é um achado casual resultado de muito empenho e saberes

“Alguém sempre poderá justificar dizendo que foi sorte!”

A criatividade e a inventividade é como um “músculo”, no caso de não os exercitarmos, eles ficam atrofiados, se de repente precisarmos dele … provavelmente não vão corresponder. Ideação e adaptação, jogos de improviso e charetting são bons exemplos, muitas pessoas travam ao tentar variar o contexto, pivotar ou idear.

O uso de técnicas colaborativas, cada vez mais disseminado em empresas de todos os portes e áreas de atuação, onde dezenas de profissionais usam dinâmicas e jogos para co-criação de estratégia, negócios, produtos, serviços, processos, mais sinergicos, lean, inovadores, é uma academia para a capacidade de questionar, idear, inventar, inovar,

A palavra Serendipity foi criada no século XVIII pelo escritor Walpole, referenciando os protagonistas de um dos seus livros que faziam descobertas “ao acaso”. A valorização se dava por não possuírem delimitações ou método, mas poder de observação, amplitude de conhecimentos e perspicácia, isso é serendipity!

Quando falamos de inovação, de design thinking, de Lean Startup, não estamos falando de genialidade, estamos falando de ideias, estudo, preparo, pesquisa, técnicas de brainstorming, métodos, mas também o acaso, como os Pivots oferecidos a qualquer momento, pois pior que não validar uma ideia, é fechar os olhos para a serendipity.

Pessoas bem sucedidas no Design Thinking por exemplo, estão dispostas a seguir métodos para ideação, modelagem, validação, tanto quanto dispostos a desapegarem de um pressuposto a fim de questionam ideias e hipóteses a luz do inesperado, é o famoso “evitar se apaixonar” pela solução ao fechar os olhos ao seu entorno.

Há oportunidades por todos os lados, Design Thinking, Lean Startup, métodos ágeis, Art of Hosting, comunidades, Dragon Dreaming, Team Building Games, Storytelling, … creio que todos nós estamos dispostos a investir algum tempo para o desenvolvimento desta habilidade. Se sozinho já é interessante, com parceiros de viagem é muito mais divertido.

Alguns casos se tornaram lendas, como o ovo de Colombo, a maça e a Física de Newton, a banheira e o princípio de Arquimedes, uma combinação de acasos e a Penicilina por Fleming, as rãs e a bioeletricidade de Galvani, … está ao nosso alcance em uma observação seguida de dedução, perspicácia, ideia, pivot, melhoria, solução, algo novo ou mudança.

Quanto tempo cada um de nós dedica para ampliar horizontes, novos conhecimentos, interagir com pessoas incríveis, participar de processo de ideação e inovação, se propõe a debater e melhorar aquilo em que está direta ou indiretamente envolvido, vale também voluntariado, somar sua experiência a contextos completamente diferentes … tudo é possível.

Conclusão

Serendipity pode ser um presente dos deuses, mas a amplitude de conhecimento, o estudo de diferentes assuntos, o interesse real pelo mundo que nos cerca, são características comuns que definem muitos dos maiores nomes da humanidade, a maioria deles capaz de navegar nos mais diferentes campos do conhecimento humano.

Serendipity não é fruto da sorte, ela tem a ver com alimentar sinapses, instigar a sinergia neural, a habilidade de somar 2 e 2 e descobrir um 5, tem a ver com networking, com capacidade de absorção, ambidestria, ócio criativo, se houveram Michelangelos, Galileus, Édisons, nos dias de hoje todos nós podemos desenvolver esta capacidade e habilidade.

De uma forma ou outra, serendipity representa alguns dos temas que mais compartilho aqui, relaciona-se à gestão do conhecimento, a ambidestria do conhecimento profissional e organizacional, dar-se ao direito de participar de coisas novas, de mudanças, de exercitar sua criatividade, sua perspicácia, senso de observação, síntese e dedução.

Afinal, seria natural dizer em 2020 que não queremos apenas fazer mais do mesmo, ver o tempo passar, queremos pensar, criar, nos surpreender, nos ver fazendo e ajudando a fazer algo diferente, criativo, inovador, … para isso é preciso estar atento, perceber sutilezas, somar detalhes, para debater e co-criar o melhor de nós mesmos.

1

Relato do primeiro 3×360° pela DB – Agile, Toolbox e Jogos

Não tinha relatado o que rolou na primeira edição 3×360° pela DBServer, foram três dias intensos com os meus workshops homônimos aos livros e baralhos. A alusão à 360° diz respeito a fugir do óbvio, do manual oficial e debater todas as possibilidades e oportunidades no seu entorno – Agile 360º, Toolbox 360° e Jogos 360°.

Como sempre, nestes workshops recebo profissionais de qualquer área de conhecimento e atuação, para discutir boas práticas oriundas de múltiplas origens, Lean, Design Thinking, Agile, Lean Startup, algumas remontam ao início do século XX, ainda úteis, outras propostas há poucos meses – Ideação, estratégia, planejamento, validação, execução, melhoria.

Se houver interesse pelos workshops, entra em contato comigo  😉

Agile 360° – O primeiro dia debateu o mindset ágil, compartilhou e debateu os métodos Scrum, Kanban e XP em suas semelhanças e diferenças, mas mais que isso alinhou o que é valor em equidade, auto-organização, interação, entregas e melhoria frequentes a partir de técnicas e modelos relativos a profissionais, equipe e escala.

Esta foi uma edição em que usamos o Agile Game das roupinhas (Prêt-à-Porter), que oferece um contexto lúdico bastante flexível e adaptativo para sprints ou fluxo contínuo, em ambos os casos discutindo Dor/DoD, alinhamento de expectativas até a qualidade na entrega baseada em muita interação entre todos os envolvidos e entregas frequentes de valor.

  • Fundamentos ágeis;
  • Histórico e atualidade;
  • Perspectivas futuras;
  • Framework Scrum;
  • Método Kanban;
  • XP (Extreme Programming).

Toolbox 360° – É um prazer debater paradigmas da era do conhecimento, abordagens de mercado, organizacionais e profissionais. Navegamos em modelos e boas práticas de facilitação e aceleração, para então discutir dezenas entre as 130 cartas pertinentes a pessoas, equipes, liderança e conexões, exercitando uma grande variedade delas.

Este workshop sempre permite que os grupos formados escolham desafios e objetivos a serem trabalhados, carreira, projetos, operações, família, startups, por um lado sempre surgem novidades e através do jogo, do baralho, dos debates e vivências de variadas técnicas as alternativas e soluções surgem e geram muitos insights e compartilhamentos.

  • https://jorgeaudy.com/toolbox-360/
  • Paradigmas, mercado, oportunidades;
  • Auto-organização, facilitação, aceleração;
  • Pessoas, carreiras, auto-conhecimento;
  • Equipes, team building, estrutura e fluxos;
  • Liderança, novos paradigmas no século XXI;
  • Conexões, redes, hubs, comunidades;
  • Overview sobre estratégia, projetos e operações.

Jogos 360° – Um dia dedicado ao conhecimento, debate e vivência de quebragelos (icebreakers), aquecimentos (warm ups), pedagógicos (agile games) e gamification através da proposta de desafios para co-criação de jogos que os atendam em seus objetivos. A cada jogo, exercitamos conceitos de seleção, valor, organização, execução e resultados.

Assim como o Toolbox, um workshop em que estou acostumado a receber profissionais e pessoas de todas sa áreas de conhecimento, o interesse vai do uso de jogos junto a família/filhos, no trabalho, em sala de aula, escotismo e vamos navegando e mapeando estas áreas de interesse e oportunidades de agregação de valor do início ao fim.

  • https://jorgeaudy.com/jogos-360o/
  • O workshop quase não tem “ppt” ou apresentação, ele foca em compartilhar, experimentar e debater o uso de jogos além da pura diversão;
  • Durante todo o workshop usamos um mural feito com o baralho de cartas que todos levaram para casa, contendo 130 jogos, distribuídos nas categorias abaixo, cada carta com um QRCode com mais detalhes;
  • Icebreakers (quebragelos);
  • Warm Ups (aquecimentos);
  • Agile Games (pedagógicos);
  • Co-criação de jogos, novos ou customizados).

IMG_20191206_004237_578

No somatório já enviei e entreguei em mãos mais de dois mil livros e kits com baralho, acabei de mandar fazer mais mil, a cada nova edição me energizo com a interação, feedback, curto cada um dos feedacks compartilhados nas redes:

“Muito bom, um Sábado de grande aprendizado. Agradeço a oportunidade de ter conhecido pessoas fantásticas e ideia incríveis. Parabéns Jorge pelo trabalho magnífico.” – Bruno Canal

“Foram três dias ricos de muito conhecimento, técnicas, métodos e muitas trocas e experiências. Gratidão ao Jorge Audy e ao caros colegas por todos os insight e vivências durante essa jornada.” – Diego Gualtieri

“Dia intenso de muito aprendizado com esse fera Jorge Audy!” – Patrícia Boeno

Em breve sai do forno mais animações de divulgação, o próximo será o de Jogos 360° …

0

Eventos divulgados no blog em 2019

Aqui estão os eventos que ajudei a divulgar através da página de Agenda do blog, com interesse especial naqueles que organizei ou participei … 2019 foi um grande ano  \o/

JANEIRO/2019

08/01/19 – O poder da ação
até 20/01/19 – inscrições StartSe / turma 9
15 a 23/01/19 – Lean Business Analysis
23/01/19 – TecnoTalks Toolbox na Educação (*)
24/01/19 – TecnoTalks Toolbox no RH (*)
25/01/19 –  Cidade do Futuro | SP
25 a 27/01/19 – Startup Weekend SP | SP
26/01/19 – Scrum 360° | Ed Prêt à Porter (*)
26/01/19 – Accelerator Day | SP
26 e 27/01/19 – Coworking Brasil 2019 | SP

FEVEREIRO/2019

09/02/19 – (RE)Planejando 2019 | TecnoTalks (*)
12 a 17/02/19 – Campus Party | SP
13 a 14/02/19 – eCommerce Brasil SC | SC
15 a 17/02/19 – Art of Hosting
15 a 17/02/19 – Diversidade e Inclusão | SP
16/02/19 – SCRUM 360° | Ed Prêt à Porter (*)
20/02/19 – Deu Match!
21/02 – EdTech Conference | SP
22 a 24/02/19 – Global Legal Hackaton
23/02/19 – World IA Day  | SP

MARÇO/2019

Ação Volta as Aulas da Amigos Anjos
08 e 09/03/19 – Women Dev Summit: Universe | SP
19/03/19 – HSM HR Conference | SP
22 a 24/03/19 – Startup Weekend  | SP
26 e 27/03/19 – Mídia Master Brasil | SP
26 a 27/03/19 – Congresso Ads & Performance  | SC
28/03/19 – Cripto & Blockchain 2019 | SP
29/03/19 – ConstruTech 2019 | SP
30/03/19 – Silicon Valley Conference | SP

ABRIL/2019

01/04/19 – Fórum TI Inside | SP
12 a 18/04/19 – Agile Trends 2019 | SP (*)
16/04/19 – ERP Summit | SP
23 a 28/04/19 – Rio Creative Conference | RJ
23 a 27/04/19 – TDC | SC (*)
24 e 25/04/19 – Gartner IT | SP
30/04/19 – Locaweb Digital Conf | SP

MAIO/2019

06 a 08/05/19 – QCON | SP
07/05/19 – Digital Work Place Forum | SP
07 e 08/05/19 – ProXXima | SP
08 e 09/05/19 – HR4results: Digital HR | SP
10/05/19 – Open Banking Day | SP
15 a 17/05/19 – CONGREGARH-RS (*)
17 e 18/05/19 – UXConf Br
18/05/19 – TEDxLAÇADOR (*)
20 a 22/05/19 – 14° CBGPL | SP
27 a 29/05/19 – Wave Festival in Rio | RJ
29 e 30/05/19 – Gartner Data & Analytics | SP

JUNHO/2019

01 e 02/06/19 – Festival Path | SP
05 e 06/06/19 – API Experience 2019 | SP
10/06/19 – IoT Business Forum | SP
15/06/19 – Scrum Day | SP
15/06/19 – Workshop Toolbox 360°
18 e 19/06/19 – Customer Experience CX | SP
21/06/19 – AWS Summit | SP
24/06/19 – Equilibrando seus chacras!
27 a 29/06/19 – SCRUM GATHERING | RJ (*)
27 a 29/06/19 – Scrum Gathering RJ

JULHO/2019

Ação de Inverno da Amigos Anjos
07/07/19 – Ação Inverno GE Guia Lopes
08 a 12/07/19 – Agile Week | SP (Toolbox)
13/07/19 – Scrum com Kanban | SP
14/07/19 – Autoeducação das emoções
16 a 18/07/19 – eCommerce Brasil | SP
17 a 23/07/19 – Webinar LGPD
18/07/19 – Comunicação que conecta
19/07/19 – HackAffTon
22 a 26/07/19 – ServerLess Week
22/07/19 – Program.Ada | TecnoPUC
23/07/19 – Cynefin Webinar
23 a 25/07/19 – Whow! | SP
24 a 28/07/19 – TDC São Paulo | SP
25/07/19 – Afro’N’Talks
26 e 27/07/19 – Design & Experience | SP
27/07/19 – Linkedin na prática
27/07/19 – DevOps Day | Florianópolis
28/07/19 – Product Backlog Building
31/07/19 – Workshop Design Sprint

AGOSTO/2019

01/08/19 – Dinheiro para Startups?
01/08/19 – Chatbots e IA / PUCRS
03/08/19 – 3Re Carreira
05/08/19 – Workshop sobre facilitação
05 a 09/08/19 – Agile 2019 | EUA
07/08/19 – ZenDesk ShowCase | SP
07 e 08/08/19 – Super Bots Experience | SP
08/08/19 – Data Analytics / PUCRS
09/08/19 – Management 3.0
09/08/19 – Agile Floripa | SC
13 a 15/08/19 – ConaRH | SP
15/08/19 – xConf 2019 | SP
15/08/19 – Machine Learning / PUCRS
17/08/19 – Festival do Japão 2019
20 a 23/08/19 – Agile Trends Gov | BSB
23 a 24/08/19 – BrasilJS
28 e 29/08/19 – Expo Fórum Digitalks | SP
30/08/19 – TEDxUnisinos
30/08/19 – Exposição Enigma
30/08/19 – TEDx Unisinos – Cultura
30 e 31/08/19 – Cynefin | SP
30/08 a 01/09/19 – SW Santa Cruz
31/08/19 – Code

SETEMBRO/2019

02/09/19 – Fórum Saúde Digital | SP
02/09/19 – Coffe & IT
09 a 13/09/19 – Social Media Week | SP
09/09/19 – Cononmeta
11 a 13/09/19 – Agile Brazil 2019 | BH, MG (*)
11 a 13/09/19 – TDC Recife | PE
14/09/19 – Toolbox 360° no TecnoPUC
14/09/19 – Hackatona AGES
17/09/19 – IoT América Latina | SP
19 a 21/09/19 – Ágiles 2019 | Argentina
28 e 29/08 – Expo Fórum | SP 

OUTUBRO/2019

Ação de Dia da Criança da Amigos Anjos
01 e 02/10/19 – MaxMídia 2019 | SP
05 a 07/10/19 – PMI Global Conf | EUA
07/10/19 – RPA-Robotic Summit | SP
10 a 11/10/19 – Agile Trends | Floripa
10 a 12/10/19 – TDC Recife
14/10/19 – Jogos 360° no Café Coworking
16 e 17/10/19 – IT Forum Expo | SP
31/10 a 02/11 – Interation Latim America | Colombia

NOVEMBRO/2019

04/11/19 – Blockchain Forum | SP
04 a 06/11/19 – HSM Expo 2019 | SP
06 a 08/11/19 – RD Summit 2019 | SC
11/11/19 – Programa Business RS
11/11/19 – Papo de RH

DEZEMBRO/2019

Ação de Natal da Amigos Anjos
04 a 07/12/19 – TDC Porto Alegre (*)
05/12/19 – SCRUM 360° na DB
05 e 06/12/19 – CCXP 2019 | SP
06/12/19 – Toolbox 360° na DB
07/12/19 – Jogos 360° na DB

0

Exatos 8 anos de blog – Fev/2012 a Jan/2020

Já são 1260 posts, com 1503 comentários, divididos em três naturezas – boas práticas no trabalho, teorias/modelos aplicados e carreira. Foram mais ou menos 150 posts a cada ano, de 2 a 3 por semana, muitas resenhas sobre gestão e teorias das ciências sociais, psicologia, sociologia, filosofia, paradigmas de mercado, muitos livros, buscando oferecer interpretações de como usá-los como fundamentos, argumentação e práticas para melhorar nosso dia-a-dia.

+10k: Teoria institucional, Deming, retrospectivas, toolbox 360, …
+5k: Design Thinking, poder do hábito, curva de Tuckman, …
+4k: Apr vicário, Ebbinghaus, Equidade, GC, Jogos 360°, …
+3k: PMC, poiesis, SSC, absortividade, carreira proteana, …
+2k: Kanban, T-shaped, CSD, Flow, aprend signific, Lehman, …
+1k: Spotify, swot, cynefin, Yerkes-Dodson, agência, Juran, …

Nunca fui de tribo alguma, organizei mais de uma centena de eventos entre 2012 e 2018 pelo TecnoTalks sobre variados temas. Jamais se repetiam, os temas e fóruns sempre mudavam, de Arduíno a Jornada do Herói, de balcão de negócios a HRBP, de papéis a Startup Dojos, de People Analytics a Jogos, a única recorrência foram vários eventos focados em desenvolvimento humano e planejamento de carreira.

Não tenho uma fórmula ou programa, não tenho interesse em convencer ou vender uma ideia ou algo a quem quer que seja, assim tenho liberdade em opinar enquanto estudioso do comportamento humano, me identificando mais com a profissão de professor e mentor. Algo deu certo, porque 162 blogueiros me seguem no WordPress, 361 pessoas se subscreveram no blog, 503 pelas redes, além de 7968 contatos pelo linkedin.

Números totais de acessos a cada mês desde 2012:

Número médio de acessos por dia, incluindo finais de semana:

Hoje minha maior contribuição é compartilhar de forma ludica tudo o que aprendi, rodo workshops e remeto meus jogos para todo o Brasil. Oriundo do Design Thinking, Lean Startup, Métodos ágeis, Kanban, Lean, Pmbok, de Porter a Jurgen, de Ansoff a Osterwalder … No aniversário de 8 anos do blog, compartilho uma super animação, 100% criada e produzida pela Luisa Audy com os personagens que ela criou para o livro, jogo e workshop Toolbox 360° e Jogos 360°:

Antes disso, a Adri Germani e o Alexandre da Animapoket criaram com os personagens da Luisa um tutorial animado do jogo … que, na essência, definido um desafio, um grupo de 4 a 8 profissionais debatem e encontram a melhor alternativa sequenciada de técnicas onde o baralho com 130 delas é a alegoria perfeita a eles próprios, suas vivencias, seus conhecimentos e habilidades, proporcionando uma hora de rico e intenso compartilhamento e discussão:

Para saber mais ou adquirir os jogos e os workshops, é só se inscrever no blog com seu email ou me seguir nas redes sociais … é compulsivo, além dos 1200 já postados nos últimos 8 anos, 3 livros, alguns pdf’s, técnicas e conhecimento vicário, continuarei compartilhando mais 1200 post nos próximos 8 anos …

0

Baralho de Jogos 360° é para facilitadores, professores, mentores, coachs, …

Tenho centenas de posts sobre jogos, que em 2016 viraram um livro batizado de Jogos 360°, que posteriormente derivou para um workshop de 8Hrs em que além de teorias e práticas, debatemos a seleção e exercitamos a co-criação de jogos. Este ano mandei fazer um super baralho com os melhores 130 jogos, mais um guia e canvas.

O valor é R$100, só mandar email para toolbox.audy.360@gmail.com pedindo informações ou informando o endereço completo, ao responder, posto via correio, registrado e com seguro. combo com o novo baralho e tabuleiro redimensionados do Desafio Toolbox 360° é R$180.

No workshop, após experimentarmos e debatermos vários jogos ativos e também reflexivos, usamos vários canvas para modelagem de aulas com jogos, criação e desenvolvimento de jogos, canvas de gamification organizacional, exercícios inspiracionais em que cada grupo formado cria algo e apresenta.

1. Jogos 360° – https://jorgeaudy.com/jogos-360o/
2. Exemplo 1 – https://jorgeaudy.com/2018/08/06/11-08-18-1330-as-1730-jogos-360/
3. Team building games – https://jorgeaudy.com/2015/02/18/agile-games-team-building-games-icebreakers-warmups/

JOHAN HUIZINGA – O livro ‘Homo Ludens’ propõe o jogo como elemento cultural, inato ao homem e fundamental a sua evolução: “O jogo é uma atividade voluntária, exercida dentro de certos limites de tempo e espaço, segundo regras livremente consentidas, mas obrigatórias; dotado de um fim em si mesmo, acompanhado de um sentimento de tensão e de alegria e de uma consciência de ser diferente da vida cotidiana.”

4. Criando jogos – https://jorgeaudy.com/2019/10/09/criando-jogos-para-times-grupos-turmas/
5. Exemplo 2 – https://jorgeaudy.com/2019/10/14/maratona-de-12hrs-de-jogos-e-seus-aprendizados/
6. Exemplo 3 – https://jorgeaudy.com/2018/07/17/workshops-de-14-07-jogos-360-e-toolbox-360/

RAIMUNDO ANGEL DINELLO – Dr. em Ciências Psicológicas, Sociologia da Educação, fundador da ‘Federación Latinoamericana de Ludotecas’: “En la expresión ludocreativa están todas las dimensiones del ser humano: social, cultural, afectividad, cognición, motricidad, placer, imaginación, diversión y mucho estímulo para un permanente aprender dado que estimula interés y alegría por descubrir sus propias potencialidades”.

7. Escola alemã de jogos – https://jorgeaudy.com/2018/11/16/a-nova-escola-alema-em-jogos-de-tabuleiro/
8. Game Mapping – https://jorgeaudy.com/2018/11/07/game-mapping-um-passo-a-passo-no-planejamento-de-jogos/

JUAN ANTONIO MORENO MURCIA – No livro ‘Aprendizagem Através do Jogo’ o autor espanhol trabalha as características evolutivas em cada uma das etapas educativas – “A atividade lúdica é tão antiga quanto à humanidade, o ser humano sempre jogou e através do jogo aprendeu a viver. A identidade de um povo está fielmente ligada ao desenvolvimento do jogo como gerador de cultura”.

9. Organizando workshops – https://jorgeaudy.com/2019/03/05/organizar-workshops-e-muito-mais-que-burocracia/

JOGOS 360° em tabuleiro e baralho

O tabuleiro do JOGOS 360° é tamanho A3, dobrado ao meio, com frente e verso coloridos, de um lado temos um grande guia de possibilidades com espaço para marcação e possibilidade de uso de postits para apontamentos, no verso temos o meu canvas de mapeamento de jogos, desde a oportunidade/missão a sua organização e execução.

O baralho vem com quase o dobro de jogos que o livro, 130 icebreakers, warmups e agilegames, cada carta possui um QRCode que nos leva para o blog em um artigo mais detalhado sobre uso e com a possibilidade de comentários e contribuições, interagir comigo sobre detalhes, variações, material preparatório e muito mais.

Não acredito mais em livros para compartilhar conteúdos que são modulares, passíveis de serem reagrupados, versáteis o suficiente para montar murais, jornadas, marcações, … dezenas de possibilidades conforme nossa criatividade.

Não tenho mais livros, mas workshops e baralhos de TOOLBOX 360° e JOGOS 360°, cartas e tabuleiros ampliados, ainda mais úteis, fruto dos últimos meses de workshops, muitos feedbacks e aprendizados.

Um trabalho em equipe, a Luisa com sua arte, a Marinês com sua experiência em design, o investimento foi de 14k em gráfica e muito mais em tempo, preliminares, editoração, protótipos, bonecos, arte, editoração e atividades apaixonantes.

Jogos não são de hoje e vieram para ficar:

0

Universidade Corporativa não é só para os grandes

Universidade Corporativa é “qualquer entidade educacional que estabeleça-se como uma ferramenta estratégica, projetada para auxiliar uma organização, focada nas formações específicas de seus líderes e colaboradores, sintonizada a seus interesses, objetivos e estratégias” – wikipedia.

Algumas das mais conhecidas Universidades Corporativas no Brasil são de empresas públicas, mas há cases no Brasil e mundo afora de universidades corporativas de grandes empresas, há décadas investindo no desenvolvimento de cursos de gestão, liderança e outros temas estratégicos.

O objetivo não é titulação, mas aprimoramento estratégico de hard e softskills desejados pelas organizações em seus quadros. A iniciativa pode ser própria ou desenvolvida em parcerias com instituições educacionais, um modelo que tradicionalmente exige grandes investimentos.

Pense bem, no século XXI, ano de 2020, milhares de cursos online de mínimo custo, nada impede que qualquer empresa, só ou em parceria, faça ou consuma aproveite trilhas a partir do que existe na web e pela geração de spots de videos ou podcasts sobre temas de interesse.

Antes de argumentar, alguns links após segundos de pesquisa no Google:

  • TED, por um mundo melhor e mais sustentável
  • 99U, uma grande variedade de vídeos educacionais
  • Coursera, uma plataformas de educação gratuíta
  • OEB, o Open Education Base tem milhares de aulas
  • AE, a Academic Earth oferece vídeos de universidades
  • Quora, comunidade aberta com milhares de tópicos
  • Gutemberg, o projeto disponibiliza milhares de livros
  • Wikiversidade, a versão educacional da WikiPedia
  • Duolingo é um site de ensino de linguas gratuito
  • Udacity é um site de aulas, diferentes matérias e campos

Qual o valor, o custo x benefício de uma boa curadoria web de conteúdos disponiveis na web e próprios, talvez uma plataforma com cursos, videos, podcasts, artigos, com agregação de comentários, contribuições, anexação de mídias variadas, …

Desta forma, pequenas e médias também poderiam ter sequências recomendadas de treinamentos e estudos de forma mediada, registrada e avaliada, fomentando o aprendizado organizacional a partir de seu nível mais essencial.

Muito se diz do imenso volume de conhecimento gerado a cada minuto, também sobre a (falta de) integridade ou confiabilidade de grande parte deste volume. Infelizmente, por outro lado, muitas empresas parecem perpetuar seus problemas aguardando poder contratar cursos famosos e onerosos.

Garimpar o que tem de bom no universo de possibilidades na web, pagos, freemium e abertos é uma arte acessível a todos e onde todos ganham … o importante é pensar Lean, baby steps, é praticar constantemente o desapego pelo ideal e gerar valor incremental …

O acesso cada vez maior à tecnologia permite hoje que informações de toda sorte cheguem até nós das mais diferentes formas. Num momento em que todos podemos ser, ao mesmo tempo, leitores e autores, surge a necessidade de saber selecionar no meio do caos aquilo que, de fato, tem relevância e credibilidade. Afinal, em que prestar atenção? O que realmente importa? Mario Sergio Cortella e Gilberto Dimenstein levam a debate nesse livro a ideia de curadoria do conhecimento. Em bate-papo instigante, eles apresentam esse novo conceito e iluminam vários aspectos de nossa cidadania. Pois, como apontam aqui, a formação continuada para a prática da curadoria, isto é, da socialização e mediação dos saberes, torna-se fundamental nesta nova era, seja nas escolas, seja nas empresas ou nos meios de comunicação, como forma de empoderamento do indivíduo.