Desenvolvimento Coletivo

O valor de participar de iniciativas coletivas de estudos, compartilhamento, exercitação ou mesmo normatização das nossas áreas de conhecimento, é inestimável, posto que agrega muito em termos de imagem e informação tanto para a pessoa quanto para a empresa, nos projetando não só como consumidores mas também como fornecedores de boas práticas.

Se perdeu as subscrições para o Agile Brasil (link), não perca as do IX Seminário de Gerenciamento de Projetos do PMI-RS (link) … Vamos juntos botar a boca no trombone    😮

Desenvolvimento Coletivo

Desde 2011, ao iniciar esta caminhada “ágil”, seguimos os passos do Parzianello e outros colegas, veteranos em Grupos de Usuários da SUCESU, institutos como o IIBA e PMI, associações como IxDA e também na submissão de palestras e participação em eventos locais, regionais, nacionais e internacionais.

É gratificante ver que vários colegas hoje estão aderindo a esta consciência coletiva, como formadores de opinião, periodicamente reunindo-se com colegas de profissão e de estrada para discutir melhores formas de fazer, as vezes concluindo que estamos todos no mesmo ponto ou trocando soluções. Isto  vem ocorrendo através de eventos de variados portes e de DOJO’s (agenda 2012).

Há toda uma preocupação da empresa, refletida em um de nossos valores, o de “desenvolvimento coletivo“, de não só buscar no mercado conhecimento, mas reciprocamente retribuir na mesma moeda. Nossa unidade esforça-se em compartilhar o que esta vivenciando, nossas dificuldades e conquistas, em eventos e recebendo turmas de alunos, empresas e entidades para conversar e trocar experiências e impressões.

Auto-desenvolvimento coletivo

Eu acredito que um bom primeiro passo é aprender a compartilhar, quer seja escrevendo artigos, lançando um blog ou participar de um blog coletivo, realizando micro-eventos colaborativos como HotSpots, Dojos, colocando seus pressupostos a prova, abrindo canais para o contraditório e para o novo.

O próximo passo é sair da toca, participar de eventos, quer seja como assistente, palestrante ou organizador, conversar cara-a-cara com seus iguais, sobre temas de interesse comum. Este espiral o levará a aprender e consolidar práticas e conhecimentos, mas muito em especial, desenvolverá seu networking, testará suas habilidades cognitivas, de argumentação, oratória, embasamento e prática.

A idéia é irreversivelmente abrir nossos horizontes, pois como falou Einstein:

Um comentário sobre “Desenvolvimento Coletivo

  1. Pingback: Um ano e meio de blog – Obrigado galera! | Jorge Horácio "Kotick" Audy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s