Tendências e cenários como gasolina para ideias e transformações

Quais hobbys mentais você mantém como garantia de incremento de seus conhecimentos, privilegiando a diversidade, estimulando mais que aquisição, mas uma visão mais ampla de mundo, de mercado, das pessoas, em todos os seus aspectos???

Feche os olhos, relembre a última semana, os últimos quinze dias, o que o instigou a saber mais, a estudar mais, ler um livro, ir ao Google e digitar algo com o objetivo de navegar, de descobrir, algo como um Cristóvão Colombo digital, sem roteiro ou obrigação.

https://jorgeaudy.com/2014/03/11/leve-seu-cerebro-para-passear-ou-ele-ira-petrificar/

Pare para pensar, afinal o que distingue profissionais braçais de profissionais do conhecimento no século XXI … ambidestria, T-Shaped, capacidade absortiva, inovação, empreendedorismo em pró-atividade cotidiana, em melhorias, em mudanças???

PD-socconh

MENTIRAS DO STATUS QUO

Uma menina há uns 6 ou 7 anos atras me respondeu dizendo que ela não era obrigada a ser empreendedora, estar sempre estudando, disse que esse papo a estressava. Respondi que não é para ser um fardo, é para ser divertido, aprender coisas novas não pode ser um fardo.

A sociedade sempre dividiu os pensadores e os executores por conveniência, os que pensam mandam, os que executam são pagos para isso. Há mecanismos sociais que a séculos se esforçam em deixar isso claro, a universidade surgiu inspirada em gerar bons e obedientes súditos para o status quo.

https://jorgeaudy.com/2020/11/24/acredite-todos-somos-thinkers-e-doers/

O nosso neurônio na inovação, vamos chamá-lo de Bob, assim como o seu biceps, precisa de exercício para não atrofiar. Quanto mais dermos a ele uma dieta rica e bons exercícios, mais ele se fortalece e se anima a estar sempre disposto a pensar, sugerir, simular, escrutinar, mudar, …

TENDÊNCIAS

Então tá, e o que são tendências, onde elas vivem, o que comem, quando saem, porque existem? Pode estar no papo com seu amigo, no estudo prévio a uma atividade, jogando tênis, participando de uma ONG, também no Google, na HBR, no PEGN, no site do SEBRAE, no seu influencer pereferido.

https://jorgeaudy.com/2020/02/07/serendipity-e-um-achado-casual-resultado-de-muito-empenho-e-saberes/

Ficar ligado em tendências é ficar de olhos e ouvidos abertos, como as rádios-antenas da NASA a procura de sinais de alienígenas no cosmos. Creio que 80% das opções são gratuitas, todas as que eu cito, é claro que a HBR tem plano pago, mas conteúdo, eventos, informação … 80% é gratuíto.

Saber o que está rolando no mundo é mais que assistir o Fantástico no final de semana, e é muito mais que seguir um influencer. Isto é o mesmo que alguém se achar o George Soros enquanto investe na bolsa baseado na página de finanças do estadão … junto com outros 10 milhões.

FONTES

Ter uma conta nas principais redes profissionais e sociais investindo na ampliação de seu networking, seguidos e seguidores é o mínimo. Usar o dedinho para rolar elas vez em quando e se dar ao luxo da curiosidade, mergulhar e buscar detalhes daquilo que lhe chamar a atenção …

https://jorgeaudy.com/2017/03/17/porque-voce-e-a-media-daqueles-com-quem-mais-interage/

Na década de 70 as fontes eram revistas como LIFE, as enciclopédias como a Delta Larousse, a edição semanal do Escoteiro Mirim e do Reader Digest, a TV engatinhava, ainda tinha rádios de ondas curtas, inexistia a internet, viajar de avião era opção exclusiva da elite, sair do país era uma aventura.

  • Redes profissionais e sociais;
  • Revistas de qualidade como a HBR;
  • Lives, webinars, eventos variados;
  • CoPs, Meetups, grupos de estudos;
  • Canais de influencers de qualidade;
  • Google \o/

Exemplo, tenho páginas com resumos de conhecimentos úteis sobre Toolbox (boas práticas), Jogos, Scrum, RH, Startup, Educação, Design Thinking … no menu de variedades tenho teorias/modelos e links úteis. Mais que utilidade para outros, o maior beneficiado sou eu mesmo ao me desafiar a evolui-las.

O QUE VENHO PRIMEIRO, O OVO OU A GALINHA

Ilustro desde que iniciei meu blog em 2012, compartilhar conhecimento é uma das formas que mais nos provocam a aprender, até mesmo escrever sobre algo que conhecemos nos coloca na obrigação de aprender mais e melhor. De nossa autoria ou não, compartilhar nos move além.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s