QE – soft skills

Os soft skills propostos ou percebidos no modelo de combinação ( lean startup, design thinking, agile e growth hacking) são os mesmos que compreendemos como diferenciais na abordagem da inteligência emocional.

Autoconhecimento e autocontrole – aprender a se escutar, perceber como e porque de seu estado de ânimo. Psicologia positiva e uma boa dose de realismo nos ajudam a neutralizar nossos exageros.

Escuta ativa e interesse genuino – é fazer valer cada momento, estar presente de corpo e alma. Pessoas com baixa inteligência emocional, com frequência estão em cada momento pensando em outro;

Comunicação propositiva e assertiva – saber estabelecer conexões, se envolvendo, se comunicando de forma clara e no timing necessario, nem apressado, nem ausente. Interagir

Senso de time e colaboração – sentir-se parte de algo além do individualismo, quer seja intra ou interequipes. Saber atuar em rede, agregando o melhor de cada um, dando sempre a sua contribuição.

Pensamento crítico, sistêmico e resolução de problemas – saber, individual e coletivamente, analisar situações, decompô-las em partes, avaliar alternativas e critérios para a escolha de soluções.

Resiliência e gestão do tempo – é preciso responder proporcionalmente ao risco, problema, oportunidade. Pareto, foco naquilo que agrega valor, fazer certo a coisa certa, iterativo-incremental-articulado.

Liderança e visão estratégica – ser lider é inspirar, é orientar, é disseminar o porque algo precisa ser feito. É um papel, não um cargo, qualquer um pode assumi-lo em determinado momento.

Pró-atividade e empreendedorismo – é fazer acontecer, não ser reativo, mas ter iniciativa frente a tendências ou fatos. Usando a sua iniciativa somada ao grupo, rede ou time envolvido.

Criatividade e inovação – o exercicio do pensamento lateral ou ambidestria, buscando entregar, mas sempre que possível, buscar a experimentação e a melhoria contínua.

Persuasão e empatia – o valor de colocar-se no lugar dos outros é tão relevante e simbiótico a arte da argumentação e negociação. Empatia e persuasão tem mão dupla e deve assim serem exercitadas.

Empirismo e adaptação – saber experienciar, o velho e o novo, aprendendo e se adaptando ou se ajustando sempre que preciso ou possível. Evoluir é se adaptar de forma positiva.

Outros posts:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s