Dinâmicas para Retrospectivas

Antes de cada retrospectiva, precisamos avaliar o momento do time, para cada momento haverá uma retrospectiva mais adequada, a escolha será por um programa básico ou algo especialmente elaborado.

Em retrospectiva, o importante é o time ficar a vontade, refletir e trocar de verdade, apostar em um debate construtivo e convergente para a sua melhoria continua, tanto como pessoas como profissionalmente, frente a empresa e ao negócio … saindo dali com objetivos e planos de ação.

PROGRAMA BÁSICO

O programa básico é para aquela retrospectiva mais usual, normalmente a uso quando a anterior foi muito pegada e estamos em meio a implementação de planos de ação que estão dando certo:

1.  Abertura, com uma dinâmica de INTEGRAÇÃO de quebra-gelo
2.  Apresentação do último quadro de retrospectiva (imagem abaixo) e Sprint
3.  Debate sobre os mesmos, o que mudou e como melhorar
4.  Definição de planos de ação, oportunidades e responsabilidades
5.  Revalidação do pacto de time

DINÂMICAS DE INTEGRAÇÃO

Há muitas opções de dinâmicas, com muitas variações e objetivos, sempre descontraídas, algumas mais longas que ocupam toda uma retrospectiva, outras de 10 ou 15 minutos, para acordar o pessoal antes do debate prático:

:: Círculo de apresentação
Uma bola ou um novelo que vai sendo jogado entre eles sem ordenação.
O objetivo é um minuto por pessoa, para irem se conhecendo cada vez melhor.
É sempre uma boa opção de início, descontrai, baixa resistências e aproxima.
Cada um que recebe fala uma frase sobre um único tema proposto, exemplos:
……. apelido, hobby e lazer
……. algo que fez profissionalmente e não faria novamente
……. algo que teve oportunidade mas não fez, que não deixaria passar
……. uma passagem sua que ninguém da equipe conhece

:: Alinhamento com Valores
Coloque números de 1 a 3 ou até 5 no chão, com um metro entre um e outro.
Tenha uma caixa e papéis com frases com valores ou frases do pacto de time.
Peça para alguém tirar um papel e ler alto, de forma que entendam e avaliem.
Cada um vai para o número que representa sua percepção sobre aderência.
O número 1 indica pouco engajamento e o 5 é o de máxima aderência.
Então, um de cada número explica e os outros podem complementar, ex:
……. Temos e dedicamos um mínimo de tempo a assuntos desta natureza
……. Ouvimos nosso cliente e trabalhamos para o que é importante para eles
……. Todos manifestam idéias e opiniões e são ouvidos
……. Temos objetivos e métricas claras e desafiadoras
……. Fazer o que é certo, com conduta pessoal, adequada e engajada

:: Comando-Controle x Auto-Organização
Coloque todos em círculo e defina que a ação ocorrerá naquele espaço físico.
Precisamos de um número par de integrantes ou inclua-se na dinâmica.
Explique que farão um exercício em 3 etapas, iniciando com Comando-Controle.
……. Identifique alternadamente um como gerente e o seguinte como operário
……. Os gerentes dão ordens e os operários executam, contando os passos
……. As ordens são FRENTE, ESQUERDA ou DIREITA intercalado com PARAR
……. O objetivo é dar 20 passos, com ordens parando antes de bater em alguém
O que se vê é um processo caótico em que um sozinho atingirá os 20 passos
Proponha que NÃO haja gerentes e repita o exercício, cada um gerindo a sí
……. O que vêmos é que se cada um tiver alçada, vários atingirão juntos os 20
Proponha em círculo que discutam o processo (retrospectiva) e melhorem
……. Provavel proporão fazer um quadrado e andar todos “em fila”
…….  Com certeza manterão a inexistência do gerente, com auto-organização

:: Círculo de Feedback
Cada um precisa dar feedback a um colega sorteado aleatoriamente.
Feedback com até 5 palavras sobre um ponto forte e um a desenvolver.
Sugiro escreverem em PostIt e colá-lo no crachá ou na roupa do colega.
Realizei esta ao final da retrospectiva, na ordem inversa do quebra-gelo.
……. Ponto forte
……. Ponto a desenvolver

DINÂMICAS ESPECIAIS

Há uma infinidade de opções de dinâmicas especiais, quer para momentos muito difíceis, para momentos de relaxamento após muito stress, para introdução de novos conceitos no modelo de melhoria contínua, etc.

:: Treinamento
Em comum acordo com a equipe, realizar um “agile game” e debatê-lo.
Exemplo, uma introdução a Kanban e uma dinâmica divertida de fixação.
Opções em http://tastycupcakes.org, é só escolher, preparar e aplicar.
É uma boa opção para equipe mais maduras e introduzir novidades.
Abaixo, replicação Kanban autorizada pelo Paulo Caroli da Thoghtworks.

:: Leilão de valores
Dinâmica em que propõe-se uma discussão sobre o método e valores ágeis.
Dividie grupos de até 3 e peça que analisem, priorizem e combinem os lances.
Entregar uma ficha com regras e 12 valores, papéis, timeboxes ou artefatos.
Inicie com 45 minutos de discussão, pontos fracos e fortes sobre cada ítem.
Imprimi moedas antigas e recortei, dando 40 moedas para cada sub-grupo.
Foram 45 minutos para os lances, como em leilão, com debate ítem-a-ítem.
O vencedor explica o porque precisa daquele ítem e os outros completam.

:: Linha do tempo causal (*)
Colocou-se no quadro branco um ano, marcando os seus Sprints.
Para nós, representou desde o início da adoção dos métodos ágeis.
Linha na horizontal, com graduação de até 3 níveis para cima (+) e baixo (-).
Divida-os de 3 em 3 e desafie-os a discutir e colocar as ocorrências na linha.
Tentem encontrar com todos as causas dos fatos negativos e dos positivos.

(*) Dinâmica criada e aplicada pelo colega Luiz Parzianello

:: Café da manhã
Marque um horário bem cedo e convide o time a comparecerem todos.
Desafie-os a trazerem algum prato feito por eles (bolo, biscoito, sandubas).
Entre com a bebida e café, para montar uma mesa bem gostosa e “divertida”.
Reunião de integração, discutindo os quadros a mesa, sem muita pressão.
O programa pode ser o básico, com compromisso, mas mais descontraído

Existem muitas possibilidade, aqui coloquei algumas, trago muita coisa do escotismo, mas podem puxar muitas dinâmicas com o pessoal do RH.

3 comentários sobre “Dinâmicas para Retrospectivas

  1. Para a situação na qual me encontro no trabalho estas dicas foram “valiosas”. Sei que exige um pouco (ou muito) de habilidade para pormos em prática estás técnicas, mas começando aos poucos, acredito que a equipe vai se soltando.

  2. Pingback: Um ano e meio de blog – Obrigado galera! | Jorge Horácio "Kotick" Audy

  3. Pingback: Regras gerais sobre Team Building Games | Jorge Horácio "Kotick" Audy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s