Ano novo nascendo, boa hora para empreender!

Tem muita gente que fala em inovação como algo raro, falam de Startups como sendo algo mágico, como exceções, incubados como a Cliever, Piigli e Egalitê, acelerados como a Prematuridade, experiências como a Zarpou, mas só não temos milhares delas porque falta romper o restante de uma barreira cultural.

Por estar fazendo o mestrado e pelo networking, meu final de semestre foi privilegiado, acabei participando de bancas de conclusão de graduação e de mestrado na FACE e na UFRGS, o encerramento da disciplina de inovação da FAMECOS, interagi com a RAIAR e assisti cases no evento do SBGC.

Tem muita gurizada e profissionais experientes com enorme potencial criativo, com idéias geniais na cabeça e energia de sobra. Esta final de ano especial me fez pensar muito sobre qual a melhor época para empreender, para inovar, para arriscar algo novo e ter coragem de pivotar até dar certo.

  • Ser jovem não é requisito, mas morar com os pais e ter as veias cheias de hormônios comuns na juventude pode ajudar;
  • Ser experiente não é requisito, mas ter tido vivências diversas, ter bastante conhecimento vivencial pode ajudar;
  • Ter dinheiro disponível não é requisito, mas pode ajudar se houver e for usado com sabedoria, sem desperdícios inúteis;
  • Ter um bom networking não é requisito, mas saber quem sabe e ser conhecido pode facilitar muitas coisas;
  • Ser criativo e inovador não é requisito, mas se conseguir ver o que outros não conseguem ver pode ser um grande trunfo;
  • Ter habilidades especiais não é requisito, mas as tendo, as percebendo e bem empregando, pode ser fundamental;
  • Ter conhecimentos especiais não é requisito, mas capacidade absortiva é um Ás na manga para inovar e empreender;
  • Ser ousado, a impetuosidade não é requisito, mas não ter medo de fazer diferente pode ser o primeiro passo do empreendedorismo.

Não existe uma receita de bolo para ser empreendedor, pode ser um gênio do marketing como Steve Jobs, na tecnologia como Stephen Wozniak, pode ser um inventor como o Dean Kamen, um pesquisador como Alexander Osterwalder, um apaixonado como Dumond … a lista é grande e variada.

empreendedores

O primeiro passo é perder o complexo de terceiro mundo, de primo pobre, parar de achar que não somos bons o suficiente, parar de achar que a única receita é construir os sonhos de outros, não que isso seja ruim, mas parar de trabalhar apenas para a riqueza fútil de alguém, tem que envolver um pouco de orgulho de fazer algo do bem, que tenha sentido para você, que seja bom para os outros.

O segundo passo é ter um parceiro de viagem, é muito difícil fazer tudo sozinho, mas como todo time, evite ter apenas iguais, se você é muito técnico, busque alguém com bom tino comercial, se você é um cara de estratégia, junte-se a alguém mais de produção. Somos mais na soma da diversidade \o/

O terceiro passo é parar de assumir que toda crítica é pessoal e destrutiva, a maioria da galera se ofende, leva para o lado pessoal, é da nossa cultura. Pare para ver e perceberá que a maioria dos empreendedores hoje estão de olho e analisam as percepções dos outros, afinal, pode ser consultoria de graça!

O quarto passo é botar a mão na massa, leia um pouco sobre Lean StartUp, primordial entender que é preciso ter equilíbrio entre a impetuosidade e a segurança, mas o caminho mais seguro do sucesso é iterativo-incremental. Use BMC, faça um bom Mapping, tenha clareza de valor e desperdício, valide cada pedacinho o quanto antes, evite ficar meses só com o computador.

O quinto, mais importante, fundamental, tenha valores pessoais e os use no seu empreendimento, evite tratar as pessoas como um mal necessário para crescer, são elas que ajudarão a construir seus sonhos, mas elas precisam acreditar que fazem parte de verdade, senão entrará na roda viva da exploração x grana.

Desejo um 2014 repleto de desafios, trabalho, suor e conquistas.

Outros posts:
O que é o Manifesto e métodos ágeis? (Baguete)
Melhor métodos ágeis ou não ágeis? (Baguete)
Um dia chegaremos a pós-agilidade (Baguete)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s