Gestão transversal ágil (visual) de projetos

Este post é pura especulação, hipóteses e pressupostos … mas dentro de alguns dias, no máximo 15, terei novidades da prática desta proposição:

Que tal um painel semelhante ao modelo do painel de qualidade do Abu na Wallmart que o Douglas compartilhou? Vamos imaginar uma das paredes da sala de trabalho da área de sua equipe de desenvolvimento, que tal se tivéssemos ali um mural contendo todos os projetos, a esquerda o TO DO com projetos imaginados, em discussão e aguardando. No centro uma grade contendo linhas com cada um dos projetos em curso e nas colunas um mix útil de indicadores ágeis, subjetivos e objetivos.

Os cartões usados para representar projetos podem ser postits ou cartões pautados onde estariam as informações essenciais para identificação do projeto, sponsor, breve descrição, áreas envolvidas, talvez um avatar representando o(s) time(s) envolvidos. Os semáforos, em postits ou não, relacionados a indicadores de documentação, processo (SCRUM), entregas, qualidade, testes, boas práticas (XP), indicadores (Kanban), podem ser atualizados pelas próprias equipes a cada novo sprint, após a review e planning e esta informação constar no status report do projeto.

gestao-portfolio

Se você não está entendendo as vantagens, eu explico através de uma percepção saudável de crescimento dos times, os índices e indicadores devem ser realistas e representar o momento da área e não uma situação ideal ou utópica. Por exemplo, de nada adianta colocar 100% de cobertura de testes unitários ou zero bugs em homologação se o quadro não é atingível, sugiro metas possíveis e ir avançando. Senão no lugar de motivar a superação pode gerar frustração.

Eu já propus e trabalhei linhas de tempo com projetos e eventos de interesse da área e seus projetos, mas com este mural de projetos é possível explicitar de diferentes formas, incluindo uma grade de meses ou semanas … é uma opção interessante que ainda terei que validar, mas que muito me atrai e antecipo que pela atualização ser feita pelos próprios times ou representante destes, não sobrecarrega NADA a NINGUÉM.

gestao-portfolio-2

Estes dados podem ser inputados em um sistema, se possível em uma base de dados, talvez em uma solução baseada em SharePoint, ou simplesmente mantidos em uma planilha Excel. Com o passar de tempo e um simples filtro por equipe, por indicador, com ordenação, será possível desenhar curvas de evolução, médias, permitindo apoio a dinâmicas de análise causal tipo espinha de peixe … suportando argumentação para planos de ação pontuais ou integrados.

Se alguém já pratica, comenta aqui ou diz um link se já fez um post sobre isto, desde já agradeço … na web tem muitas imagens, teorias e cursos falando sobre portfólio ágil de projetos, mas poucos relatos com imagens reais. Tem alguns que mostram telas de softwares com a inevitável fragmentação, filtros ou exiguidade de dados e quem me conhece sabe o quanto valorizo papel na parede e big pictures 😉

Em breve, mais fotos, dicas e relatos …

5 comentários sobre “Gestão transversal ágil (visual) de projetos

  1. Olá Jorge, também acredito que este é o caminho. Já trabalhei com um painel parecido om este que desenhaste. Muito parecido com o seu.. eu incluo o road map geral onde os principais marcos de todos os projetos são vistos em uma mesma linha do tempo. VOu ver se acho uma foto para te passar. abraços Dimitri

    • Báh, isso aí, eu imaginei uma opção do portfólio (segunda imagem) com a grade de semanas ou meses para marcação dos sprints projetados no Release Plan (US Mapping) do pré-game e confirmados ou não a cada novo sprint. Falta um piloto, estou tentando negociar uma experiência.
      [ ]

  2. Muito bom Jorge! Justamente agora que estou buscando inspiração para repaginar meus quadros de controle na Toth 🙂 Utilizávamos um quadro misto com as metas do projeto e o scrum board. No momento estou estudando e revisando nossos processos, como o core da empresa é hardware, sinto que falta alguma coisa ainda pra “deslanchar”. Abraços, Sergio

    • Sou curioso, então desculpa as perguntas: Quando falas metas junto ao scrum board, é algo tipo o Business Model Canvas junto a um quadro Kanban? Ou criaram um canvas adaptado a necessidade da empresa de vocês? O deslanchar é no portfólio ágil, gestão de projetos ou cultura dos times?

      A tempo, tem uma curiosidade antiga que nunca tive para quem perguntar, sendo o negócio de vocês hardware, vocês usam o Hardware Product Canvas? Já li alguma coisa e cruzei com imagens e artigos várias vezes, mas nunca soube de alguém que o utiliza, me parece bem simples de usar.

      • Não, não, ainda não… Na verdade é apenas um Gantt com as metas por projeto e as entregas físicas de cada meta. O deslanchar é na cultura dos times. Passamos um tempo dando muito suporte produtivo, isso nos fez perder a agilidade, por assim dizer. Recentemente reassumi a missão de revisar o processo de desenvolvimento de produtos.
        Não conhecia o Hardware Product Canvas, achei muito interessante, vou incluir na minha avaliação! Assim que eu tiver esse processo novo desenhado eu posso compartilhar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s