Personal branding – Acredite, cada um de nós é uma marca!

Sobre carreira, tudo o que usamos em empresas pode e deve ser usado por nós em relação a nossas metas e visão de futuro, então é preciso entender o que é personal branding e marketing de conteúdo. É preciso pensar em si mesmo como um negócio merecedor de estratégia e planejamento.

Tenho vários vídeos sobre planejamento de carreira, criei boards que uso para ajudar jovens a se planejarem, mas querendo ajudar uma pessoa muito querida … fiz um resumão sobre EU branding, a internet está aí para ser aproveitada no lazer, família, hobbies e realizar sonhos profissionais.

Personal Branding é um esforço consciente em criar e influenciar uma visão de mercado em relação a você, imagem e reputação, ajudando seu plano de carreira. Para isso, podemos aproveitar redes para transmitir uma mensagem sobre quem somos, inclusive a quem ainda não nos conhece.

Meu foco sempre é compartilhar abordagens úteis para nos planejar, organizar e crescer, logo, vai além de ter um bom perfil no linkedin, tem a ver com estratégia de inbound marketing, deixar uma pegada digital, rastreável, apresentar-se como alguém apaixonado pelo que sabe e faz.

Exemplo, em 2012, comecei um blog, depois a palestrar em eventos, oito anos depois, quase sem esforço, de forma orgânica e sustentável, tenho mais de 1300 posts, três livros, uma centena de eventos organizados ou como palestrante. Começou com um post, um artigo, depois mais um e outro, o resto foi consequência.

Inbound marketing (marketing de atração) é uma forma de publicidade on-line na qual há promoção e reconhecimento a partir de marketing de conteúdo através de blogs, podcasts, vídeos, e-Books, newsletters, artigos, palestrar em eventos. Gerar conteúdo de qualidade para conquistar visibilidade e reconhecimento.

Uma de minhas sugestões mais recorrentes e apaixonadas é a construção de um bom networking, mas é preciso desfazer um mal entendido – networking não é número de contatos, mas uma rede de pessoas com quem contamos mutuamente, interagimos direta ou indiretamente, que são ou somos referência.

Um apaixonado marketing de conteúdo, por exemplo, gera networking ativo, empatia, comentários, indicações, aprendizados. O primeiro passo é sair da toca, ver e ser visto, quando vamos a um evento, quando postamos um artigo, um vídeo ou podcast, quando palestramos, eles são meios, não fins.

Marketing de Conteúdo não é sinônimo de Branding ou Inbound Marketing, ele é uma das formas de interagir com o mercado, um bom lugar para começar – através do compartilhamento de informações. Melhor se for autoral, mas pode ser uma curadoria, compartilhando coisas interessantes sobre a sua área de conhecimento.

E vamos falar de multicanais, uma coisa é a segurança em redes sociais pessoais, sem indexação pelo Google, outra é querer que seus vídeos, áudios e textos sejam encontrados, acessados, valorizados. É preciso distinguir o uso de redes em privado e canais de vídeo no youtube, artigos no Medium, posts em blogs no wordpress.

Há redes e soluções que por princípio não são indexadas por ter dados pessoais e configurações de privacidade em relação a rede, enquanto há outras possibilidades como blogs e vídeos que indexam e possibilitam acesso ao material a partir de buscas no Google. É importante ter claro sua estratégia e entender as redes e meios virtuais:

No caso de optar por um blog ou site, 50% desta fatia é o opensource wordpress:

Se quiser contratar um provedor com o serviço completo, há grandes empresas:

Podemos ou não encarar isso como trabalho, eu nunca planejei ou encarei meu blog e redes como uma obrigação, apenas como diversão. Um hobby, posto toda semana, várias vezes, gosto de compartilhar aprendizados e coisas úteis, sei que alunos e amigos sabem que podem contar com isso. Em 8 anos, um hobby que proporcionou muitos compartilhamentos, contatos e aprendizados (pirâmide de Glasser).

Em marketing de conteúdo, a cada compartilhamento, mais estudamos, estruturamos, redigimos, antes de compartilhar temos a oportunidade de aprender mais, durante o compartilhamento nós interagimos e agregamos diferentes pontos de vistas, após o compartilhamento temos o histórico, acessível a qualquer um na internet.

A pirâmide de William Glasser, psiquiatra americano conhecido por diversos estudos a respeito de saúde mental e comportamento humano, que afirmava quanto a aprendizagem – 10% ao ler, 20% ao escutar, 30% ao observar, 50% ambos, 70% interagindo e 95% quando temos que ensinar alguém, explicando, resumindo, definindo e estruturando o conhecimento.

Por onde começar? Primeiro decida se vai traçar uma trajetória sozinho ou acompanhado, quer iniciar com posts esporádicos no linkedin por exemplo, ou com em parceria, familiar, amigos, colegas, juntos em um blog sobre um assunto em comum. A opção de iniciar esporadicamente é sempre a mais simples, MVP, a partir dali receberá feedbacks, aperfeiçoará a construção textual. Talvez um canal de vídeo no Youtube.

Outra decisão importante é o conteúdo, será em sua área de atuação, um escopo mais amplo mas ainda circunscrito, talvez em uma área de interesse futuro. Mas, não se estresse, experimente, se encarar como trabalho ou como lazer, é importante postar, não espere “ficar pronto”, acredite no método PDCA, em que o maior e melhor aprendizado vem da experiência, feedbacks e melhoria continua.

A tempo, em 2018 fiz um webinar para a Kinghost sobre carreira onde compartilho minha visão sobre planejamento de carreira, técnicas, um approach muito pessoal para quem busca balizar sua trajetória ou mesmo se reinventar, usando boas práticas comuns em nosso trabalho para criar estratégia e cenários de futuro:

Em assunto correlato, tive a surpresa e honra de ser convidado a palestrar no TEDxLaçador de 2019, onde falei sobre oportunidades em aproveitar Design Thinking, Agile e Team Building Games no nosso dia-a-dia, em família, com nossos filhos, amigos, voluntariado … técnicas lúdicas para uma vida mais leve e assertiva no recado que gera e passa:

Sempre gosto de dar uma olhada em TED Talks e TEDx Talks sobre tema de interesse, aqui um alinhado a personal branding bem conceitual:

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s