Aquecendo as sinapses: Imaginação e improviso

Um jogo para aquecimento neural, provocando a criatividade, desinibição e integração. Uma dinâmica que pode ser usado tanto como quebra-gelo como aquecimento, porque aproxima as pessoas, facilitando o desenvolvimento de empatia e sinergia em um grupo disposto a inovar e fazer diferente.

O jogo é quase uma aula de artes cênicas, daquelas clássicas, provavelmente é usado em cursos de teatro, aqueles que a gente vê em esquetes na TV em que as pessoas tem que representar uma árvore, pedra, etc. Impossível participar e não divertir-se de tal forma que esquecemos um pouco da nossa mesa e telefone.

Mais um jogo que trago da minha época de escotismo, mas que revi em um curso de Design Thinking no CriaLab em 2015 durante uma oficina sobre ideação. É na origem um jogo infanto-juvenil, usando mímica ou imagens, garantia de criatividade, perspicácia e imaginação.

A técnica é muito simples, devemos expor um objeto ou se não for possível ou não tivermos nada disponível, colocar uma palavra escrita no meio de um quadro branco, folha de flipchart ou algo assim. Disponha todos ao redor do jarro, na distância mais conveniente possível conforme o número de pessoas.

Por exemplo, podemos expor um jarro com água e cada um, um por vez, deverá dizer a mímica de uma nova possibilidade de uso ou referência e a galera tem que tentar descobrir o que a mímica quer dizer. Não pode falar, só mímica, usando ou não mobiliário e material disponível ao redor.

Se for um jarro com água, pode ser para beber, lavar, banhar, pintar, cantar, quebrar, assustar, afogar, etc. Se for uma laranja, pode ser fruta, suco, táxi, gari, filme, desenho, … quando necessário tem que acertar direitinho, como o filme Laranja Mecânica, o time da Holanda, o mascote Naranjito.

De 5 a 15 minutos de dinâmica é possível chegar de 10 a 30 utilidades e referências ao objeto ou palavra, a seguir tem as regras, bem fáceis deste bom jogo:

  • Disponha um objeto (ou palavra) no centro da sala;
  • Todos devem pensar em todos os usos imagináveis;
  • Um por vez deve fazer a mímica daquilo que pensou;
  • O restante do grupo deve descobrir o que é a mímica;
  • Pode pedir a um colega para fazerem a mímica juntos;
  • A cada mímica concluída, anota-se no quadro.

Dica: Podemos também usar desenho ao invés de mímica, como uma espécie de Imagem e Ação, é tão divertido quanto. Também é um jogo que pode ser jogado sob uma árvore, em ambiente externo.

Objetos legais que já usei? Água, Laranja, Fio, Papel, Vela, Postit, Cadeira, …

mimica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s