0

Workshop Toolbox 360º de 19/05/2018

O dia começou cedo para organizar tudo no local, a Marinês Beheregaray Audy fez os pãezinhos de canela glaceados e um bolo, eu passei na feirinha do Olimpico e comprei frutas variadas, morangos lindões, ameixas chilenas, uvas red gigantes, maçãs mini, além de biscoitos e cucas caseiras. Ao chegar no TecnoPUC encomendei 2 Kg dos pães de queijo do Silva e refri.

Chovia bastante, era o primeiro final de semana de frio aqui no RS, mas um bom guardachuva e meu carrinho e estava com caixas, sacolas e mochila na sala. Coladas as 125 folhas do Toolbox Wall na parede, reorganizadas as mesas, cadeiras e organizada as bancadas intercalando frutas, biscoitos, pãezinhos e bolo. Tive a ajuda inesperada de um aluno da Politécnica que passava e entrou.

As 13:45 começou a a galera a chegar, muita gente querida, amigos e conhecidos de outros eventos e TecnoTalks. A tarde transcorreu dentro da normalidade, em uma simbiose que os feedbacks confirmaram que gerou uma cadência legal. O tempo no mural foi uma oportunidade da galera se instigar lendo e marcando aquilo que curte e aquilo que gostaria de aprender mais.

Durante o workshop, intercalado com uma introdução conceitual, o Toolbox Wall e o jogo Desafio Toolbox, apresentei e debatemos em grupos e todos juntos técnicas e canvas variados sobre planejamento, usando nossas carreiras como exemplo, ideação e resolução de problemas. Durante o jogo o debate foi como sempre delicioso de assistir, a galera discutindo o porque uma ou outra técnica é mais valorosa para o desafio posto.

Somente por curiosidade, resgatei quais foram as técnicas do mural mais votadas, com taxas acima de 25% dos presentes teriam votado, mas na verdade todo e qualquer com mais de um voto já pode dar match e gerar diferentes técnicas de GC, desde reuniões, trocas, compartilhamento, eventos, gerando valor de forma descentralizada e auto-organizada:

  • 6 ou 7 votos – Team Building Games, priorização, Mapa de Competências, Sprint Review, Stand Up Meeting, Kanban, Personas, ROI/Capex/Opex
  • 8 ou 9 votos – Retrospectivas, Dragon Dreaming, Direto ao Ponto, Feedback Canvas, OKR,
  • 10 ou 11 – Scrum, Design Sprint,

Os primeiros e as últimas, agradecimento ao Marcos, aluno da Eng Mecânica da nossa Politécnica que estava passando e ficou pra ver e me ajudou ao ir buscar debaixo de chuva os pães de queijo e Coca no Silva, no final a Marinês, a Luisa Audy e a Morvana Bonin, minhas anjas até o último segundo no Café Coworking 100% arrumadinho.

Fiquei no compromisso de fazer mais um em breve, assim que conseguir uma sala legal, vou fazer sim o/

tabuleiro

Cada workshop gera sua própria energia, que nos alimenta a alma, energia que antigos chamavam de egrégora, desde muito antes de acontecer, fruto da perspectiva de interação, amizade, ansiedade, desejo, expectativas, mas também da preparação com carinho e dedicação para que tudo dê certo.

Mais uma egrégora que a medida de sorrisos e satisfação dessa congregação de energias aqueceu a tarde de todos que se envolveram e levaram para casa o kit com tabuleiro, baralho e vivências … Amo muito tudo isso!

Acho que fiquei no compromisso de fazer mais um com quem queria ir nesse e não pôde, cada feedback e aprendizado neste ajudará a melhorar um pouco cada detalhe do próximo … se tudo der certo tentarei lugar e marcarei para o início de Junho.

0

19/05 as 14:00 tem Workshop Toolbox 360º

No dia 19/05, um Sábado das 14:00 as 18:00 vou realizar um workshop sobre TOOLBOX 360º, o investimento é de apenas R$100, recebendo em troca um kit do jogo com o tabuleiro e um baralho em gramatura 300 com 83 boas práticas … instrumento suficiente para o Team Building Game DESAFIO TOOLBOX e para a execução da técnica TOOLBOX WALL, ambos com foco em aprendizado e desenvolvimento de novas competências. As vagas são limitadas e por isso as inscrições em http://bit.ly/wstoolbox1 dependem de confirmação.

Este workshop já foi realizado em alguns eventos e empresas, a seguir algumas fotos:

16388361_1380540628665550_7949526456202791100_n

4

Um blog 100% dedicado a Team Building Games

A algum tempo vinha pensando em lançar um blog com todos os jogos que eu usei ou uso em quebra-gelos, aquecimentos e Agile Games, pois o projeto saiu da cabeça e materializou-se em um MVP, um tema wordpress para portfólios que acredito que faz a sua parte \o/

Todos as ilustrações são da Luisa Audy e já temos 100 Team Building Games detalhados ou linkados para suas páginas de origem. A quem acessar, por ser um experimento, deixe seus comentários, sugestões, críticas ou mesmo compartilhe outros jogos que gostaria de ver por lá.

jogos

Se o feedback for positivo e agregar o valor que espero estar contribuindo para quem busca jogos, detalharei melhor os que lá estão e acrescentarei novos com a mesma frequência com que posto por aqui textos sobre Agile e vida em equipe, em organizações e boas práticas.

Se não for de interesse, vou eliminá-lo e manter tudo concentrado por aqui no meu blog de conteúdo e parto para outras ideias … então, por favor, registre seu feedback e, se gostar, compartilhe o blog de jogos para fazer chegar e verificarmos se seu formato interessa.

https://jogos360graus.wordpress.com/

2

Keep Talking and Nobody Explodes

Nesta sexta, dia 24 as 19:00 tem Oficina de Retrospectiva com Keep Talking and Nobody Explodes. Ana Carolina Hermann e a Isa Giongo esperam vocês com uma dinâmica de retrospectiva muito disruptiva, utilizando Keep Talking and Nobody Explodes. Um jogo cooperativo em que a equipe precisa desarmar uma bomba. É um jogo pedagógico para todos, em qualquer contexto e o objetivo é aprendizado conjunto.

24/11 – 19h as 20h – Pr 99A (Tecnopuc), 5° andar, DBServer, vagas limitadas

Inscrições: https://goo.gl/bAiKZs

1

Ttalks Pais & Filhos – Um dia de muita interação

O evento cumpriu a programação prevista se adaptando na medida em que avançava e a galera ia tomando decisões, desde a primeira interação no welcome coffee, a abertura com a família Caroli, o paulo, Duda e o João fizeram um storytelling contando desde a inspiração até o lançamento do seu livro – O mistério do Colégio Alipus.

Eles falaram das inspirações, da construção dos personagens, a busca por maiores informações junto a amigos que são profissionais de diferentes áreas com o empenho em tornar os fatos e perfis o mais realistas possível, inclusive nomenclatura, jargões e muito mais. Impossível não se inspirar e querer fazer um livro, um filme, …

Na sequência, ainda na abertura, cada família apresentou suas percepções, não só sobre o livro, mas sobre a parceria pais & filhos em projetos que ao mesmo tempo que geram resultados práticos e visíveis, também desenvolvem habilidades, afinidades, conhecimentos, o valor da de ter e ser fonte de inspiração e networking.

A importância de manter a natureza criativa e lúdica da infância como fator de diferenciação para o futuro. A impetuosidade, a imaginação, não ter medo de tentar, de se expôr, de se divertir, reservando algum tempo para alimentar habilidades natas, desenvolvendo novas, não só para o trabalho, mas para a vida!

Seguindo com Alexandre Torrano na de ilustração através de uma técnica de storytelling, onde pai e filho alternavam o desenho e narrativa de personagens e fundo de cena, narrativa e cenário.

  • Gabriel (Severo) – praia
  • Daniel (Daniela) – desenhando
  • Ana (Heck) – A rosa
  • João (Caroli) – Montanha Assombrada
  • Sofia (Silva) – Praia dos Morangos
  • Fernando (Felipe) – Casa das minhocas
  • Alexandre (Adri) – Galinhas Sapecas
  • Jujuba (Lucas) – Guerra do bem e mal
  • Fernanda (Alanis) – O naufrágio
  • Lucas e Fernanda (Machado) – Jacaré e Raposa

Em seguida rolou a oficina de Flip Book com o Alexandre Linck e a Adri Germani da Anima Pocket, eu estava aguardando as 7 pizzas gigantes da Barão lá no 99A com o Alexandre e não assistimos, mas todas as crianças e adultos fizeram um flip book em blocos de papel que eles trouxeram e em cada folha um movimento, quando folhado o bloco parece uma animação.

No canal da Anima Pocket da Adri e do Alexandre no Youtube tem várias animações criadas por eles, como a do WebScambo do Rodrigo Murari Severo que participou com seu pequeno de todas as atividades e se divertiram com a apresentação dos flip books. A Adri gravou as apresentações, se forem publicadas eu compartilharei aqui, Ok.

O Carlos Giovani com o filho fizeram o relato de sua história de superação quando planejaram, participaram e conquistaram ótimos resultados em um torneio esportivo. O almoço foi 7 pizzas família de 12 fatias da Barão, em torno de 35 pessoas ao total, 21 adultos mais as crianças, muito bate-papo, a pizza atrasou um pouco, mas deu tudo certo, todo mundo comeu e estava uma delícia.

Também teve a oficina de projetos de cidades com lego-lego facilitado pelo Alexandre Leite Silva e sua pequena, quatro equipes, duas de desenho da infraestrutura com papel e canetinhas coloridas, mais duas equipes de construção de casas, escolas, igrejas, etc com lego-lego, contando com três sprints de 7 minutos. A galerinha rodou Scrum sem saber o que é isso.

O Alexandre Torrano recomendou um vídeo de uma coleção da Netflix que também está no Youtube sobre a arte do design com o ilustrador Christoph Niemann, que fala de criatividade, desenvolvimento humano usando desenho, animação, lego-lego. Eu recomendo quem curte esta abordagem a assistir e pesquisar um pouco mais sobre Lego Serious Play, no Youtube tem muita coisa legal – https://www.youtube.com. Tem também vídeos ensinando gestão ágil de projetos (SCRUM) usando Lego.

Ainda tinha muito para acontecer, porque descemos todos e rolou uma aula de sapateado com a Laura Peres e seu pai, o Eduardo, 22 tablados e pares de sapatos especiais para sapateado. Com uma trilha sonora (https://open.spotify.com/user/eduardo.peres) e orientações do Be-a-Ba todos sincronizaram seus primeiros passos no sapateado … todos curtiram muito!

Para fechar tivemos várias dinâmicas propostas pelo Jackes e filha do lado de fora do prédio, aproveitando que não estava chovendo e que tudo o mais teve que ser dentro, na linha do tempo no térreo e no quarto andar. Variados jogos bem divertidos, especialmente sobre confiança, todos em roda ou pai & filho … última atividade!

Vários vídeos foram publicados no grupo TecnoTalks, no evento e na minha timeline

4

Agile Trends 2017 – Maior play test do Desafio ToolBox 360°

Em uma das salas do Agile Trends 2017 no Centro de Convenções Rebouças em SP rolou o maior Play Test do Desafio Toolbox 360° até agora, 30 pessoas estavam e participaram de 5 equipes de jogo. Impossível não citar o trabalho e esforço da minha esposa, a Marinês, que editou o tabuleiro e me ajudou com a gráfica e da minha filha, ilustradora, graduanda em cinema PUCRS, que ilustrou as cartas.

Contei e agradeço de coração a parceria e ajuda como monitores do Totti, Lili e Stefania, do Severo do Sicredi e do Thiago da SoftPlan. Fomos todos uma hora antes para a sala de guarda-volumes e no chão de carpete fiz um rápido treinamento no jogo e estratégia para esta edição. Sem eles não teria sido tão fluido e efetivo em seu valor e resultados para a galera participante.

Tive a oportunidade de uma galera pilhada, que curtiu e levou para suas empresas um kit por R$50 com tabuleiro, baralho, dado e fichas, devidamente embalados em uma pasta com fechamento … no compromisso de me dar retorno sobre uso e sugestões. O valor é inferior ao custo total de sua confecção e composição, mas para mim gera a expectativa de dezenas de aplicações e feedbacks.

Agradecimento especial ao Dairton, que me proporcionou uma agenda adicional, extra a grade do Trends, que exigiu logística e energia para a configuração da sala, que não possui mesas e possibilitou a realização do Play Test  \o/

Amanhã tem mais e na volta a POA tem muito mais, pois estou no compromisso de fazer um Play Test em POA também, muitos companheiros de viagem, TTalkers e amigos curtiram a ideia e querem o jogo para suas equipes, empresas.

 

2

Spoiler dos meus ppt’s do Agile Trends 2017

Serão duas sessões, a primeira é um jogo que será apresentado e jogado fora da grade do evento, no final do primeiro dia em uma das salas do Centro de Convenções cedida pela organização, a segunda é uma apresentação formal de um artefato que venho usando, chamado Scrum Setup Canvas.

Se você vai ao Agile Trends SP no dia 12/04, não esquece de passar no stand da DBServer e te inscrever para a apresentação e mão-na-massa do Desafio ToolBox que vai rolar logo após o término da grade oficial.

Se estiver por lá no dia 13/04 pela manhã, não perca o bloco comigo e com o Paulo Caroli … sim, não dá para pedir mais nada, o meu bloco ano passado foi com o Vitor Massari, este ano será com o grande Paulo Caroli.

12/04 as 18:10 – Desafio ToolBox 360°

Nesta quarta-feira, logo após as palestras do primeiro dia do Agile Trends 2017, as 18:10 no Centro de Convenções Rebouças, vai rolar a primeira edição aberta do Desafio ToolBox 360°. O jogo está evoluindo e ainda vai evoluir muito, mas após os primeiros Play Tests já ajustei o suficiente para ter a certeza de que agrega valor, provocações construtivas e passa um recado bem bacana.

O jogo é ao mesmo tempo colaborativo no atendimento de cenários reais e competitivo, posto que ao final temos um vencedor. Mas é preciso muita transparência, inspeção e adaptação para montar a melhor solução no somatório de forças de todos.

O jogo de início pode parecer complexo, mas para quem já jogou uma rodada é muito simples e divertido, ele possui um tabuleiro, cartas de cenário a serem atendidos, baralho com mais de 70 técnicas e boas práticas, além de um dado. Para o Agile Trends 2017 vou rodar com algumas simplificações, o jogo foi criado para ser jogado em empresas, fomentando sua capacidade absortiva.

A facilitação contará com um passo-a-passo em powerpoint e impresso para cada equipe, que contarão com um kit contendo o tabuleiro, fichas e baralhos. É para ser acima de tudo um momento de provocação quanto a conhecimento e domínio de técnicas oriundas de metodologias ágeis, design thinking, management 3.0, além de algumas bem tradicionais e ainda muito utilizadas.


Estou ao mesmo tempo pilhado e angustiado para que chegue de uma vez, já rodei vários play tests, com amigos, com Tecnotalkers, até com alunos na FACIN, o início sempre é um tanto aflitivo, mas conforme a galera vai jogando e entendendo é muito legal, quer profissionais ou alunos o feedback final sempre é muito bom.

Mas no tocante a ser um tanto complexo de início, não abri mão até aqui, pois é um jogo que nos induz a jogar três rodadas pelo menos, um tempo de mais ou menos uma hora. Para isso, são dois fluxos, um usando o baralho de Toolbox para atender um cenário e outro resultante do primeiro para mover sua ficha pelo perímetro do tabuleiro … é 100% colaborativo, mas alguém sairá vencedor.

13/04 as 10:50 – Trilha Comunidade – SSC

Finalmente vou apresentar para a comunidade ágil o artefato que batizei de Scrum Setup Canvas, criado para materializar e expôr acordos e combinações coletivas, quer metodológicas ou técnicas antes de uma inception ou planejamento. Muitas equipes deixam questões importantes como acordar boas práticas, frameworks, DoR, DoD, etc, para o acaso ou fragmentado entre diferentes pessoas e gavetas.

Assim como o jogo, este artefato ainda não parou de evoluir, a cada tanto mexo em algo de suas colunas e linhas, posto que a experimentação vai mostrando os caminhos. Mas está na hora de por a prova se ele é útil para muitas outras equipes e Agile Coachs, sendo para muitos já de conhecimento através aqui do Blog.

O formato final do Scrum Setup Canvas está como colado a seguir e os thumbs da apresentação em ppt está logo na sequência. Prometo que darei o máximo de detalhes dos meus 25 minutos de Trend Talk e interação com a galera logo após o evento encerrar, talvez o faça a caminho do aeroporto ou logo que chegar em POA.

Não garanto se é um Canvas a ser deixado a vista ou utilizado como aquecimento e depois defenestrado, caberá a empresas e equipes definirem, talvez alterar seus campos, mas tenho profunda convicção de que é útil, posto que por enquanto não há uma alternativa equivalente.

Vou postar muito mais detalhes do jogo e deste Canvas assim que passe o Agile Trends, neste mesmo batcanal … é o tempo de ir a SP e voltar rapidinho  \o/