Engenharia ágil? La garantia soy yo!

Vamos refletir um pouco sobre boas práticas e engenharia ágil, afinal não adianta entregar muito, ganhar os parabéns e gerar um problema para o futuro, também não adianta a retórica de que precisamos fazer testes automatizados (é a derradeira solução para tudo) se nem fazemos programação orientada a objetos e componentização direito, não conseguimos fazer Dojos por falta de “interesse”, mas culpamos o negócio porque não acreditam que qualidade é importante.

Alguns desenvolvedores mais ansiosos, desruptivos e inovadores tem solução para tudo o que ainda não podem fazer, mas não percebem o que já deveriam estar fazendo, discutem com o PO o desenvolvimento em TDD, sem ter argumentação não-teórica que justifique esta opção, mas se quer fazer funcionar, quer mesmo fazer acontecer, falta estratégia, paremos com a churumela:

1. Envolva todos os desenvolvedores da sua área em reuniões de alinhamento;
2. Combinem uma carga horária mínima para evoluírem neste quesito;
3. Comecem do começo, fazendo pair review com o que já estão fazendo;
4. Calma nessa hora, aprender a fazer isto irá gerar algumas resistências;
5. Avaliem juntos a qualidade do código construído e granularidade;
6. Sse estão mandando bem OOP, passem para a fase seguinte :

Antes de transferir para o PO a responsabilidade de adotar técnicas em que você não tem nada além de teoria para dizer, além de insegurança na falta de dados sobre os pilotos, produtividade, bolha, etc, se eu fosse PO, sem dados, diria NÃO sem nem piscar os olhos, se não esta rolando é porque seus argumentos são muito fracos e ponto.

melhoria-continuada

Bem, vamos supor que você fez o dever de casa, qual o caminho:

7. Montem um plano REAL de adoção, TDD não se compra na banca;
8. Sejemos ágeis, Baby Steps, Sprints, data de corte, calma, talvez demore;
9. Primeiro equalizem conhecimento de Mock e TDD, sugiro dojos;
10. Comecem a praticar, façam pilotos usando pair review;
11. Mantenham no radar a data de corte, afinal, é um projeto ágil;
12. Se estiverem prontos, reúnam os PO’s, gerentes, colegas, argumentem:

A impressão que eu tenho é que a maioria acha que vai cair do céu, exigem release plan, user story, dados do PO, mas acham que engenharia é só crença, no fim tudo da certo, falta planejamento, falta pesquisa aplicada, números que mostrem a um PO (negócio) onde é que ele esta entrando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s