Agile é exercitar cenários e futurologia … todos os dias

Deming deve se revirar na cripta cada vez que uma equipe que toca PROJETO afirma que “não planeja MVP e Releases, devidamente fracionados em sprints, porque não precisa, porque eles são ágeis”. O uso de práticas tradicionais ou ágeis para gestão de projetos pressupõem algum tipo de planejamento … de projeto.

“Não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende, e não há sucesso no que não se gerencia” – William Deming:

SCRUM se propõem a mitigar o efeito negativo do desconhecido através do planejamento e monitoramento de cenários. Conscientes que as coisas mudam, planejamos, executamos uma primeira parte, construímos, analisamos e aprendemos, revendo nossos cenários a cada passo, pura futurologia.

Certos de que estes cenários são mutantes, valorizamos ciclos curtos de feedback – transparência, inspeção e adaptação – estruturados em boas práticas iterativo-incrementais, onde nos preparamos … projetando cenários, dando um passo, confirmando os resultados, corrigindo o rumo.

Cenários Prospectivos

Há três métodos: Um OBJETIVO, via brainstorming para análise e priorização. Um SUBJETIVO via benchmarking para criar uma imagem ideal e os eventos que nos levam a ele, causas e efeitos. Uma TÉCNICA NOMINAL DE GRUPO (NGT) com especialistas, discutindo Pertinência, Probabilidade e Auto-avaliação.

“Cenários Prospectivos” é o esforço em projetar um futuro provável através do desenho de uma visão desejável, que desdobra-se em cenários alternativos.

Na teoria dos Cenários Prospectivos, brainstormings, benchmarking, delphi (análise individual de especialistas), impactos cruzados (causa-efeito entre diferentes cenários), análise prospectiva (cenário ideal, mais provável e alvo) e interações estratégicas (ação de um ator influenciando outros).

Futurologia

O objetivo sempre é fazer projeções, perspectivas, estimativas, sempre distinguidas entre possíveis, prováveis e desejáveis. Técnicas que analisam passado, presente e projetar possíveis cenários de futuro, uma ferramenta de apoio à decisão.

Futurologia é o exercício de prever o futuro, usando técnicas científicas, traçando seus diferentes cenários.

Cenários Prospectivos e Futurologia focam na estratégia em gestão pública e em grandes corporações, mas quero traçar um paralelo com métodos ágeis. Frente a certeza de que planos são frágeis, a solução não é deixar de planejar, mas fazê-lo na granularidade adequada, iniciar, aprendendo e ajustando enquanto avança.

Métodos Ágeis

Projetos caracterizam-se por um conjunto de atividades que devem ser geridas e executadas em um intervalo de tempo para chegar a um resultado singular. Entre os diferentes métodos ágeis, SCRUM é de longe o mais utilizado no mundo, acima de 70% das empresas que dizem praticar Agile afirmam seguir SCRUM.

O SCRUM se utiliza de um planejamento de releases, último passo antes de iniciar os sprints de execução é um planejamento de escopo e tempo, histórias e sprints. Sem planejar é Go Horse Ágil, sem planejamento não é projeto, é operação ou, sem planejar, qualquer caminho serve, qualquer resultado fará sentido.

A seguir, demonstro exemplos destes quadros de planejamento, cenários, futurologia, para então iniciar construção e entregas a cada 2 semanas, contando com princípios básicos de gestão visual, informações, mudanças, de forma que uma simples olhada à parede é o suficiente para entender de onde viemos, o que aconteceu, onde estamos e para onde acreditamos ir:

release plan projetos scrum

Inception, Direto ao Ponto, tanto faz, eu não uso nem um, nem outro, sempre trabalhei com um conceito de User Story Mapping, mas jamais me preocupando em ter que escrever a narrativa completa, menos ainda os critérios de aceitação durante a técnica de Mapping, assim mesmo, apenas Mapping. Abaixo os passos de 4 a 8, um mapa estruturado de necessidades, podendo ser com histórias ou épicos, dimensionamos e depois a priorização ou vice-versa, incluindo histórias técnicas, para enfim discutir o que cabe em cada sprint … é mais fácil do que parece.

agile-scrum

Se é um projeto, tem plano, data de início e data prevista para o fim, com expectativas de entregaveis, o que muda é o nível de abstração ou detalhamento. Eu trabalho desde 2011 implantando Scrum quando a equipe é de projeto, Kanban cabe para os casos de operação, enquanto Lean Office cabe para tudo o mais  😉

Se você é de projeto, levante as mãos para os céus, há uma infinidade de livros, vídeos, artigos, ebooks, blogs, palestras, cursos e certificações em profusão, é só querer … difícil são os outros que não são das paradas de projetos, esses tem um caminho menos mapeado, possuem mais variações, adaptações e peculiaridades.

2 comentários sobre “Agile é exercitar cenários e futurologia … todos os dias

  1. Audy, bom artigo. Também acredito que é difícil um cliente entrar em um projeto sem algum planejamento. Já trabalhei com situações que a primeira premissa do projeto era a data final (por causa de algum evento politico ou de outro tipo). A nossa dificuldade era determinar no mapping quantos pontos o time é capaz de fazer por Sprint sem nunca ter trabalho junto. Como vocês fazem ai neste caso?

    • Dúvida comum, para uma equipe nova nestas paradas ou qualquer outra que use apenas T-Shirt Size, uso uma técnica simples e matadora: Registro os parâmetros do time, quantas pessoas, previsão de dedicação, disponibilidade, perfil, de forma a relembrar nossa capacidade em conhecimentos e horas, depois pego uma folha A4 e trago o primeiro postit, pergunto se cabe e como vêem, coloco o segundo, o terceiro, daqui a pouco o time diz que não cabe mais … levando em consideração boas práticas de Tuckman e buffers … Vamos para o segundo, o terceiro é mais fácil de preencher, a partir do quarto vai que é um Doge ;o) Se usarmos pontos, vai-se desenhando a capacidade, se for PMG, idem, de forma um pouco mais abstrata, mas funciona igual. As vezes colo uma folha A4 ao lado da outra com #1, #2, #3, … cada uma com a menção dos integrantes, isso ajuda a materializar o planejamento …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s