Ressignificando nossa missão!

Não interessa se empresas privadas, estatais ou mistas, quem faz acontecer com iniciativa, criatividade, inovação e diversão são as pessoas. Este relato é o de uma tarde com uma galera da PROCERGS, mais um case a ser visitado por empresas que queiram entender o que é liderança ágil e equipes com alçada e engajadas:

A solução está sempre nas mãos das pessoas, são elas que pensam, fazem, se adaptam e vão além. Quem investe apenas em processos e ferramentas, varre para baixo deles os problemas e as oportunidades!

Uma tarde em um local agradável, instigante, onde mais de 20 profissionais interagiram em uma sequência de dinâmicas construtivas, de integração, divertidas, com a intenção de descobrir, debater e ressignificar a sua missão. Algo como um Elevator Statement, fácil de entender e de dizer a quem quiser saber!

Contando com profissionais de muita experiência, longa trajetória na empresa e recém contratados, todos com a expectativa de uma tarde interessante e divertida, sem debates chatos. Uma oportunidade para técnicas de debate em grandes grupos, com jogos, diversão, paredes e postits.

A abertura foi feita pelas lideranças, sem enquadramentos, ao contrário, reiterando a liberdade para o debate e livre opinião, com a missão de um resultado o melhor possível, certos de que 20 profissionais experientes não em unanimidade cega, mas consenso estratégico.

Antes do quebra-gelo falei um pouco da pirâmide das abstrações e da importância de valorizar debates objetivos, assertivos, na profundidade adequada e apenas nos pontos relevantes, uma qualidade esperada de todos nós no dia-a-dia. A tarefa por manter o foco de todos no objetivo prático era de todos.

  • Boas-vindas e apresentação do programa;
  • Quebra-gelo do “Quem sou eu?” com charadas;
  • Reuso de listas de características, forças e fraquezas:
    • Duas equipes de 10 pessoas;
    • Ranking  Top pontos fortes deles;
    • Ranking  Top características da função;
    • Ranking  Top oportunidades de melhoria;
    • União dos 2 grupos para um só ranking.

missão-3

  • Quebra-gelo do nó humano (rolos da Kaa);
  • Coffee-break na beira do Guaíba à sombra;
  • Debate e ressignificação da missão da área:
    • Três grupos de 7 pessoas;
    • Missão e objetivos atuais na parede;
    • Técnica Charetting para recriar as frases;
    • Cada grupo debate e reformula a missão;
    • Rodízio, a cada 15 minutos trocas de grupo;
    • Todos passam pelos três grupos;
    • Todas as frases são de todos … \o/

missão-1

  • Colamos as frases uma ao lado da outra;
  • Debatemos a confecção de uma frase derradeira.
  • Encerramento;
  • Churrasco de confraternização.

A tarde atingiu seus objetivos e atendeu as expectativas alinhadas, propostas pelo grupo: Muita interação entre antigos e novos, diversão, não ser chato ou cansativo, gerar os rankings e consensuar uma frase para missão.

Cada jogo e dinâmica teve uma facilitação provocativa, gerando um pouco de agitação e fazendo com que todos participassem, ninguém ficasse quieto ou sonolento … administrando o cansaço e a ansiedade para o churrasco que teriam no final de tarde.

Uma experiência exitosa, divertida, adaptativa e que conseguiu atingir seus objetivos. Usamos a essência do Design Thinking e todas as metodologias ágeis, um só mindset de interação, iteração, empatia, colaboração e resultados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s